24 Fev
Viseu

Região

Críticas às obras por acabar no centro de Aguiar da Beira

por Redação

31 de Janeiro de 2020, 09:11

Foto Arquivo Jornal do Centro

Segunda fase da requalificação urbana avança sem terem sido acabados trabalhos da primeira fase

CLIPS ÁUDIO

Os deputados do PSD na Assembleia Municipal de Aguiar da Beira lamentam que a maioria independente que governa o município tenha avançado com a segunda fase das obras de requalificação do centro da vila, sem terem sido concluídos todos os trabalhos que estavam previstos na primeira fase.

O social-democrata Ricardo Guerra disse em Assembleia Municipal que da primeira parte da intervenção “ficaram muitas coisas por acabar”, dando como exemplo os “muitos tubos à mostra que não estão tapados” e um ramal para gás que nem sequer chegou a ser ligado.

O deputado pediu ainda explicações ao executivo sobre a segunda fase dos trabalhos, lamentando que o projeto previsto para o Largo da Carvalha não tenha sido apresentado publicamente à população. Em particular, Ricardo Guerra quis saber se o parque infantil localizado em frente ao jardim de infância será requalificado ao abrigo do projeto e se está previsto o abate de árvores.

O eleito do PSD questionou também a maioria sobre o novo Posto de Turismo da vila e solicitou que o projeto fosse apresentado aos eleitos.

O presidente da Câmara, Joaquim Bonifácio, remeteu explicações para o funcionário Hugo Lopes, que começou por referir-se ao Posto de Turismo, cujo projeto já foi concluído, “para se dar início ao procedimento de contratualização da empreitada”.

Sobre as obras por fazer na primeira fase na primeira fase da requalificação urbana nem uma palavra. Já quanto à intervenção no Largo da Carvalha, Hugo Lopes, referiu-se à empreitada em curso como “um projeto grande”, que foi alvo de uma candidatura a fundos comunitários, mas que não inclui o parque infantil. “Há árvores que terão que sair, mas também há árvores que irão ser plantadas. Irá ter uma ordenação rodoviária, para além de todas as outras infraestruturas”, adiantou.

A requalificação do Largo da Carvalha está orçada em 1,2 milhões de euros. A empreitada está a decorrer deste setembro e só deverá estar concluída no final do ano.