24 Fev
Viseu

Região

Sátão: Utentes queixam-se do frio em centro de saúde sem aquecimento

por Redação

18 de Março de 2018, 09:51

Foto Arquivo Jornal do Centro

ACES Dão Lafões não tem dinheiro para consertar problema

CLIPS ÁUDIO

Utentes e profissionais de Saúde do Centro de Saúde de Sátão queixam-se do “frio de rachar” que sentem dentro do edifício que há um ano está sem aquecimento central devido a uma avaria de uma peça do sistema de climatização.

O diretor executivo do Agrupamento de Centro de Saúde Dão Lafões (ACES), Luís Botelho, admitiu ao Jornal do Centro que a falta de aquecimento central resulta de uma avaria cuja peça “poderá custar entre 25 e 30 mil euros”. “Só que neste momento não temos capacidade financeira para resolver esta delicada avaria no imediato”, sublinhou.

O responsável disse ainda que o Centro de Saúde de Sátão tem “graves problemas estruturais na sua construção devido a infiltrações, humidade e falta de isolamento térmico o que torna este espaço ainda mais desconfortável para os utentes e para os profissionais de saúde que ali trabalham”.

Para resolver o problema, Luís Botelho revelou que o Ministério da Saúde tem já prevista uma intervenção de fundo.

Entretanto, o presidente da Câmara Municipal de Sátão, Paulo Santos, contou ao Jornal do Centro que foi colocado um comunicado no facebook do Município a informar a população que a autarquia se demarcava de tal situação, porque “a obra do Centro de Saúde de Sátão é da exclusiva responsabilidade do Ministério da Saúde”.

O autarca esclareceu que embora não tendo qualquer responsabilidade chegou a ter uma reunião com o Coordenador do Centro de Saúde, solicitando também à Administração Regional de Saúde do Centro e ao Agrupamento de Centros de Saúde Dão Lafões (ACES) empenhamento na resolução deste problema a bem dos utentes e funcionários”.