18 Fev
Viseu

Região

Parque de estacionamento de Sta. Cristina "sem dono"

por Redação

31 de Janeiro de 2020, 10:52

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O Parque de Estacionamento Subterrâneo de Santa Cristina, em Viseu, estava “sem dono”. A infraestrutura, construída há mais de 20 anos, não estava registada nem em nome da Câmara nem em nome do concessionário. O presidente da autarquia, Almeida Henriques, explicou que teve de avançar todo um processo burocrático para registar a propriedade do equipamento que vai ficar integrado no MUV (Mobilidade Urbana de Viseu) Parque.

“O projeto dos parques de estacionamento já tem o visto do Tribunal de Contas, mas está ainda a ser visada a questão da Santa Cristina. Optámos, por prudência, pedir ao Tribunal de Contas o visto para o resgate do Parque”, explicou o autarca.

O estacionamento de Santa Cristina (324 lugares) foi concessionado ainda no executivo liderado por Fernando Ruas à Sonae que, entretanto, transferiu a concessão para a Saba que tem, nos últimos anos, explorado esta infraestrutura. Para integrar o MUV Parque, a autarquia de Viseu “comprou” o parque que agora fica concessionado à entidade responsável pelos estacionamentos em Viseu.

Aquando da apresentação do projeto, Almeida Henriques tinha já explicado ter-se tratado de um procedimento que já fazia parte do caderno de encargos do concurso público e que, quando foi aberto, já incluía o valor do resgate. “Quem ganhou teve de por logo à cabeça três milhões que serviram para a Câmara comprar o parque”, esclareceu.

O MUV (Mobilidade Urbana de Viseu) Parque vai arrancar assim que o Tribunal de Contas der o visto do resgate do Parque de Estacionamento Subterrâneo de Santa Cristina, disse ainda o autarca, um projeto que inclui também a construção de dois parques de estacionamento no centro histórico e a remodelação do parque na Avenida Capitão Silva Pereira.