10 Abr
Viseu

Cultura

Coronavírus: Teatro Viriato monta “Consultório Literário”

por Redação

18 de Março de 2020, 15:04

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O Teatro Viriato, em Viseu, vai arrancar esta quinta-feira (19 de março) com o projeto “Consultório Literário”, que será a primeira atração de uma nova programação que o espaço cultural criou em resposta à pandemia do novo coronavírus.

Perante a decisão de suspensão da programação presencial até 13 de abril, a direção do teatro preparou uma nova agenda que será realizada online e por telefone, propondo iniciativas que visam aproximar o espaço do seu público, que assistirá aos espetáculos a partir das suas casas.

Segundo o Teatro Viriato, “Consultório Literário” arrancará na semana do Dia Mundial da Poesia (que se comemora a 21 de março) e consistirá num “festival telefónico” que contará com a participação de livreiros portugueses, escritores, atores, críticos e filósofos, que estarão disponíveis para atender todos os que queiram “apaziguar as suas dores físicas e morais”.

A primeira sessão decorrerá quinta-feira, entre as 14h00 e as 16h00, e irá intitular-se de "SOS Poesia Incompleta – há aproximadamente 47 séculos a responder a angústias". O primeiro convidado será o livreiro Dr. Changuito, da Livraria Poesia Incompleta.

Cada “consulta” terá a duração de 15 minutos. A diretora do Teatro Viriato, Patrícia Portela, promete sessões com “diagnósticos rigorosos, aspirinas para quebras de coragem, tratamentos de longa duração a vários volumes para chatices crónicas, questionários de Proust ou de Petrarca, check-ups literários ou aconselhamentos profundos para novas vidas vocabulares”.

“Moinhas filosóficas, dúvidas carnais, urgências existenciais ou simplesmente inesperadas solidões em tempos difíceis como estes podem ser apaziguadas, e quem sabe até resolvidas, com uma simples leitura mágica, ou dois dedos de boa conversa”, afirma a diretora, citada num comunicado do teatro.

Após a realização de cada edição, será publicada uma "ata das dores públicas" onde constará uma lista dos autores que participaram e das obras lidas e comentadas. "A boa literatura, como se sabe, é a melhor autoajuda e a melhor receita para a alma", sublinha Patrícia Portela.

As marcações podem ser feitas na bilheteira do Teatro Viriato, aberta entre as 13h00 e as 19h00, ou pelo número de telemóvel 924 454 409.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts