20 Fev
Viseu

Cultura

Grupos de Oliveira de Frades participam em mesa redonda sobre canto a vozes

por Redação

10 de Fevereiro de 2020, 15:06

Foto Arquivo Jornal do Centro

Iniciativa também junta outros grupos da região de Lafões

CLIPS ÁUDIO

Quatro grupos de canto a vozes de Oliveira de Frades vão estar presentes no próximo dia 1 de março na mesa redonda que irá discutir a candidatura do Canto Polifónico Feminino a Património Cultural e Imaterial da Humanidade da UNESCO. A iniciativa, intitulada de “O Património somos nós”, decorrerá no Centro Cultural de Viana do Castelo a partir das 15h00.

Também vão estar presentes outros grupos da região de Lafões, assim como das zonas Norte e Centro do país.

Segundo sublinha em comunicado a Câmara de Oliveira de Frades, o encontro tem como pretexto debater a inscrição do conto polifónico na matriz do Património da Humanidade. Este género musical é caraterizada por ter mulheres que cantam a três e mais vozes um repertório legado pela sociedade agrária tradicional com diferentes designações locais: cramol, terno, lote, cantada, cantedo, cantarola, moda ou cantiga.

“Cantado por grupos de mulheres ou mistos, este canto é, no século XXI, uma expressão artística e um património imaterial que vincula as mulheres e homens no combate à vulnerabilidade das comunidades onde residem, reforça a identidade local e desoculta o papel das mulheres nos processos e práticas culturais”, pode ler-se na nota.