06 Abr
Viseu

Cultura

Teatro Viriato tem nova diretora

por Redação

05 de Fevereiro de 2020, 17:05

Foto Arquivo Jornal do Centro

Paula Garcia “cede” o lugar a Patrícia Portela

CLIPS ÁUDIO

A criadora e escritora Patrícia Portela é a nova diretora artística do Teatro Viriato, em Viseu, a partir de 1 de março. O anúncio foi feito esta quarta-feira (5 de fevereiro), num comunicado divulgado pelo espaço cultural.

Na nota, o Teatro Viriato esclarece que Paula Garcia vai deixar a direção “para abraçar um novo desafio profissional”.

“Profunda conhecedora do Teatro Viriato e uma das artistas que tem marcado presença assídua na sua programação, Patrícia Portela é reconhecida nacional e internacionalmente pela singularidade da sua obra, tendo recebido por ela vários prémios”, pode ler-se no comunicado.

Já a direção da associação Centro de Artes do Espetáculo de Viseu (CAEV), entidade gestora do Teatro Viriato, considera que a escolha de Patrícia Portela irá “garantir a continuidade” do projeto do espaço cultural.

Paula Garcia, que trabalhava no Teatro Viriato desde 1999 e era diretora desde finais de 2016, vai manter-se na presidência da CAEV, pelo facto de ter sido autora da candidatura em vigor apresentada à Direção-Geral das Artes, cujo projeto está em vigência até 2021.

No comunicado, a CAEV agradece “a dedicação, empenho e profissionalismo sempre manifestados por Paula Garcia, desde 1999, com particular distinção desde que assumiu a direção do Teatro Viriato, contribuindo, inequivocamente, para o reconhecimento desta instituição cultural no panorama nacional e internacional”.

Patrícia Portela foi criadora de espetáculos como “Flatland”, “Wasteband”, “Por Amor” e “Parasomnia” e autora de várias obras literárias como “Para Cima e não para Norte”, “Banquete” e “Dias Úteis”, tendo passado até agora o seu tempo entre Portugal e Bélgica. Ela é também cronista do Jornal de Letras desde 2017 e da estação de rádio Antena 1, assim como professora da Escola Superior de Teatro e Cinema, em Lisboa, onde tirou a licenciatura em Realização Plástica do Espetáculo.

A nova diretora do Teatro Viriato também tirou mestrado em Cenografia e Dramaturgia do Espaço pela Universidade de Utrecht (Holanda) e pela Central Saint Martins – University of the Arts de Londres (Reino Unido) e uma pós-graduação em Teatralidade e Performatividade pelo Arts Performance and Theatricality de Antuérpia (Bélgica), assim como um outro mestrado em Filosofia pela Universidade de Leuven (Bélgica) e encontra-se a concluir o doutoramento em Artes e Multimédia pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts