10 Abr
Viseu

Desporto

Coronavírus: Viseu 2001 e clubes da Primeira Divisão de futsal dispostos a “sacrifício desportivo”

por Redação

24 de Março de 2020, 18:53

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O Viseu 2001 e os restantes 13 clubes que militam na Primeira Divisão de futsal assumem-se estarem disponíveis a um “sacrifício desportivo” devido à pandemia da Covid-19. Os emblemas reuniram-se no início desta semana em videoconferência para discutir as repercussões que o surto poderá causar no futsal português.

Em nota, os clubes da Liga Placard dizem terem demonstrado “um enorme sentido de união para uma resposta célere às possíveis repercussões desta pandemia” e se mostraram disponíveis “a um sacrifício desportivo para que as competi­ções nacionais terminem, caso a saúde pública esteja salvaguardada”.

Além disso, os 14 clubes e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) estão a elaborar um documento conjunto que vai incluir “soluções que possam contribuir para minimizar o impac­to social, desportivo e financeiro que esta pandemia irá implicar”.

Todos os clubes da Liga Placard estão imbuídos num espírito de colaboração para que o Futsal continue forte e organizado, dentro do possível com todos os condicionalismos que vive­mos, pretendendo ser sempre parte da solução”, conclui o comunicado.

As competições nacionais de futsal encontram-se suspensas desde 13 de março, por tempo indeterminado, numa decisão decretada pela FPF, que, além do futebol, também é a entidade máxima do futsal português.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts