18 Fev
Viseu

Região

Resende e Baião insistem na construção da ligação à Ponte da Ermida

por Redação

30 de Janeiro de 2020, 09:00

Foto Arquivo Jornal do Centro

Pressão dos autarcas levou o Governo a inscrever obra no Plano Nacional de Investimentos

CLIPS ÁUDIO

As câmaras de Resende e Baião insistem na construção da ligação à Ponte da Ermida. Os dois municípios dizem que chegou a altura de o Governo tomar uma decisão política de uma obra reclamada há 35 anos.

O presidente da Câmara de Resende, Garcez Trindade, fala de um projeto que, a seu ver, é “fundamental para o desenvolvimento da região”. “Foi desenvolvido um estudo regional sobre esta necessidade. Ele está feito e entregue e é a prova de que nós necessitamos desta ligação”, afirma.

A pressão dos autarcas já levou o Governo a inscrever a obra no Plano Nacional de Investimentos, refere o autarca de Resende.

“Não estava inicialmente, mas insistimos os deputados do PS por Viseu e Porto e conseguimos que, no âmbito da discussão parlamentar, fosse inscrita no Plano Nacional de Investimentos. Está lá a intenção. Temos esta esperança ou, pelo menos, que não digam que não ascende ao plano. A ponte estaria para as calendas, o que não é o caso”, diz Garcez Trindade, que defende que a ligação à Ponte da Ermida pode ajudar a travar a desertificação e a fixar pessoas.