29 set
Viseu

Desporto

Castro Daire continua a escrever páginas de ouro na sua história

por Redação

14 de fevereiro de 2020, 01:00

Foto Arquivo Jornal do Centro

Equipa continua imparável na Série B do Campeonato de Portugal

CLIPS ÁUDIO

O Castro Daire continua a ser uma das maiores surpresas do Campeonato de Portugal esta época. Vasco Almeida, treinador, assume que este é um feito que “nos deixa muito orgulhosos”. “Uma equipa com o nosso contexto socioeconómico, no sítio onde estamos inseridos e sendo um estreante nestas andanças, o que estamos a fazer é qualquer coisa de extraordinário”, sublinha o técnico.

Vasco Almeida garante que esta marca de 16 jogos seguidos sem perder “já é recorde da Série B [do Campeonato de Portugal]”. Mas não é só este número, as sete vitórias consecutivas também já é recorde de série”, afirmou o treinador castrense.

Vasco Almeida lembrou as dificuldades inerentes a este campeonato e mais propriamente à série em que a equipa se encontra. “Nós estamos a falar uma equipa como o Castro Daire bater recordes num campeonato tão competitivo e numa série [B] tão competitiva”, reforçou.

Faltam ainda 13 jornadas para o final, o que perfaz um total de 39 pontos em disputa. Neste momento, o Castro Daire leva uma vantagem de 15 pontos para a zona de despromoção, uma margem confortável que permite aos castrenses almejar uma manutenção tranquila.

Mas olhando também para o topo da tabela, o Castro Daire está a “morder os calcanhares” às equipas que lideram a Série B, nomeadamente o Leça, atual segundo classificado e que soma 42 pontos, apenas mais quatro que o Castro Daire que ocupa o quinto lugar. Na mesma série, o Lusitano está numa situação um pouco mais “frágil” que os castrenses. O conjunto de Vildemoinhos está em 10º lugar com 25 pontos, apenas mais dois que o Amarante que é 14º classificado e está já nos lugares de descida.

Na próxima jornada, a 22ª do campeonato, o Castro Daire joga em casa com o Valadares. O Lusitano atua também no seu reduto frente ao Coimbrões. Os dois jogos têm início às 15h00 do próximo domingo, 16 de fevereiro.

Dérbi ainda mexe

O dérbi da última jornada entre Lusitano e Castro Daire ainda faz correr tinta. O encontro ficou marcado por queixas contra a arbitragem por parte da equipa de Vildemoinhos, que viu um jogador ser expulso.

Rogério Sousa, treinador do Lusitano, falou em “frustração”. “Quando nós não fazemos um jogo competente e perdemos, temos de aceitar. Agora, parece-me que fizemos um jogo competente e daí a frustração ser maior ainda. Sinto que houve facilidade em mostrar vermelho e dificuldade em marcar mãos na área”, disse o técnico.

O treinador do conjunto de Vildemoinhos fala em dois penáltis que ficaram por assinalar contra o Castro Daire, algo que “não caiu bem” a Vasco Almeida.

O técnico castrense disse, por seu lado, que “sempre que o Lusitano tem perdido pontos tem-se queixado muito das arbitragens”. “Em relação ao lance capital do jogo, que será expulsão do jogador do Lusitano, é de dizer que foi em frente ao meu banco, foi uma entrada completamente assassina do jogador do Lusitano”, afirmou Vasco Almeida.

Luís Barry, jogador do Castro Daire que sofreu uma entrada violenta no encontro frente ao Lusitano, está, segundo Vasco Almeida, “impossibilitado de treinar”.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts