29 set
Viseu

Infografia

Nelas “viaja no tempo” e recria chegada da GNR ao concelho

por Redação

29 de novembro de 2019, 13:30

Foto Arquivo Jornal do Centro

Câmara local vai comemorar a chegada da força policial à vila em 1943

CLIPS ÁUDIO

Uma recriação teatral e uma exposição com viaturas e fardamento da GNR de há 100 anos são os pontos altos das comemorações da chegada destes militares ao concelho de Nelas, em 1943, disse o vereador do Património Cultural da Câmara local.

“Vamos fazer uma viagem no tempo, com viaturas e fardamento da época, como, por exemplo, a chegada do capitão num ‘side car’, um camião antigo que chega com a força da GNR ou o presidente da Câmara numa viatura de 1922, ou seja, será tudo o mais fiel possível”, especificou Aires dos Santos.

O autarca contou também que na tarde deste sábado (30 de novembro), além da recriação histórica, marcada para as 14:30, no Mercado da Vila de Canas de Senhorim vai ser também inaugurada uma exposição na sede da Junta de Freguesia que ficará patente até dia 15 de dezembro.

“É uma mostra do percurso da GNR desde 1919, ano em que chegou à capital do distrito, a Viseu, até aos dias de hoje. É possível ver nesta exposição roupas da época, material utilizado, viaturas em tamanho real, desde as motas ou bicicletas. E também se podem ver as notas bibliográficas da criação dos postos de Canas de Senhorim e das Minas de Urgeiriça”, descreveu.

Aires dos Santos contou que a GNR chegou à sede do concelho, Nelas, em 1943, e depois abriu um segundo posto nas Minas da Urgeiriça, em 1951, e, mais tarde, em 1955, é criado um sub posto em Canas de Senhorim.

“Estávamos no início da revolução industrial, a população de Canas de Senhorim estava a aumentar, havia mais bens, mais serviços, havia mais economia e, portanto, havia maior necessidade de proteção e, ao mesmo tempo, de uma presença de um posto da GNR e é isso que vamos reviver”, explicou.

Entretanto, o posto das Minas da Urgeiriça foi extinto, ficando a funcionar o de Nelas e de Canas de Senhorim.

Mas esta recriação e exposição são, no entender do vereador, “importantes para manter vivo o património da memória”.

“Que eu saiba, esta comemoração desta forma, com esta recriação, é a única no distrito, mas achámos que era importante para que as pessoas mantenham presentes a história do concelho e para que ela não se perca nas novas gerações”, defendeu.

Neste sentido, haverá também uma palestra sobre a história da GNR no concelho de Nelas com a presença do historiador João Carlos Alves e com o atual comandante do Comando Territorial de Viseu, o coronel Vítor Rodrigues.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts