01 nov
Viseu

TT

Desmaterialização na autarquia de Viseu afetada pelo COVID-19. Vírus pode atacar as vias respiratórias da plataforma informática

por Redação

25 de setembro de 2020, 18:00

Foto Arquivo Tintol e Traçadinho

CLIPS ÁUDIO

Estão a terminar os longos períodos de espera dos munícipes e empresas de Viseu quando utilizam os serviços da autarquia. Com a desmaterialização completa dos serviços, o nível de satisfação com a sua rapidez irá ser muito elevado. Esta revolução deverá ocorrer já em 2021, talvez em 2022, mas o mais tardar em 2023. Segundo a autarquia, os atrasos já verificados devem-se ao vírus da COVID-19. Fonte da Câmara explicou ao T&T. “Temos de ter cuidado. O vírus do COVID pode sofrer uma mutação e atacar as vias respiratórias da plataforma informática que desmaterializa os serviços”. Esta fonte conclui: “não queremos problemas com a DGS.”

.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts