Geral

19 de 06 de 2024, 18:06

Centro Business

Sete novas profissões no sector do entretenimento digital

Estas novas carreiras, por sua vez, moldam as novas gerações, criando um espírito de empreendedorismo e autonomia para uma carreira mais autodidata

Nos últimos anos, o mundo do entretenimento digital registou um crescimento ao nível de negócio e, consequentemente, deu origem a uma série de novas profissões que também trouxeram um novo paradigma ao conceito de carreira.
Estas novas carreiras, por sua vez, moldam as novas gerações, criando um espírito de empreendedorismo e autonomia para uma carreira mais autodidata.
Nesse sentido, seguem-se sete das profissões que estão a explodir neste novo contexto profissional.

7 Profissões de entretenimento online
1.  Streamer de videojogos
Os streamers de videojogos transmitem as suas sessões de jogo em direto em plataformas como a Twitch, o YouTube e o Facebook Gaming.
Estes profissionais não só jogam jogos, como também interagem com o seu público em tempo real, criando uma comunidade de seguidores. As receitas provêm de subscrições, donativos, patrocínios e publicidade.

2.  Influenciador de redes sociais
Os influencers constroem a sua audiência em plataformas como o Instagram, o TikTok e o YouTube.
Utilizam a sua experiência e estilo de vida para promover produtos, serviços e marcas, gerando receitas através de patrocínios e colaborações pagas.
Nos últimos anos, cada vez mais há consciência para este tipo de profissão. Sendo que já existem encontros, workshops e debates sobre a área. Em 2023, Viseu, recebeu um desses encontros, exatamente para abordar o futuro da profissão.

3.  Programador de realidade aumentada e virtual
Com o avanço da tecnologia, a realidade virtual (RV) e a realidade aumentada (RA) tornam-se componentes cruciais do entretenimento digital.
Os programadores de RV e RA criam experiências imersivas para jogos de vídeo, aplicações educativas e simulações. Esta profissão requer competências em programação, design gráfico e uma compreensão da interação homem vs máquina.

4.  Criador de conteúdos do YouTube
Os criadores de conteúdos do YouTube produzem vídeos sobre uma vasta gama de tópicos, desde tutoriais de maquilhagem a análises de tecnologia.
Estes profissionais ganham dinheiro através de receitas de publicidade, patrocínios e merchandising. Sendo que a chave para o sucesso nesta profissão é fornecer conteúdo original e de alta qualidade que atraia um público fiel.



5.  Profissional de eSports
Os jogadores profissionais de eSports competem em torneios de videojogos de nível profissional.
Estes torneios podem oferecer prémios monetários significativos e oportunidades de patrocínio. Os jogadores de eSports treinam frequentemente de forma rigorosa e fazem parte de equipas que competem em ligas e campeonatos.
A popularidade dos eSports cresceu enormemente, inclusive, em Portugal, onde existe uma federação própria que tutela a área.

6.  Jogador de poker online
O poker online criou uma geração de jogadores profissionais.
Atualmente, fruto das plataformas especializadas na área, jogar poker é uma profissão desportiva como tantas outras, onde os profissionais têm de treinar e aperfeiçoar constantemente a sua perícia, estratégia e disciplina.
Por outro lado, mesmo sendo online, desengane-se que existem diferenças com os profissionais das mesas físicas. Regras, torneios, variantes, tudo é igual. Aliás, muitos são os profissionais que fazem a transição do poker físico para o poker online. Isto porque as plataformas estão cada vez mais capazes ao nível de conteúdos da modalidade.

7.  Podcaster
O podcasting ressurgiu como uma forma popular de entretenimento e educação. Os podcasters produzem e distribuem episódios sobre uma variedade de temas, desde a história ao humor.
As receitas provêm de patrocínios, assinaturas de ouvintes e vendas de produtos associados. A criação de um podcast de sucesso requer competências em matéria de storytelling, edição de áudio e marketing.
Com efeito, não há dúvida que existe um caminho profissional mais voltado ao digital a ser criado. Além disso, também existem inúmeras vantagens associadas. As principais são:
• Flexibilidade e autonomia. Os profissionais podem trabalhar a partir de qualquer lugar com uma ligação à Internet, estabelecendo os seus próprios horários e equilibrando melhor a sua vida profissional e pessoal.

• Maior audiência. Graças às plataformas digitais, os criadores de conteúdos, os streamers, os influencers e outros profissionais podem ligar-se a audiências de todo o mundo, aumentando a sua visibilidade e promoção pessoal.

• Mais criatividade. Profissões como criador de conteúdos para o YouTube, programador de RV/AR e podcaster permitem às pessoas exprimir a sua criatividade e paixão no seu trabalho quotidiano. Esta capacidade de criar e partilhar conteúdos únicos pode ser extremamente gratificante.

• Colaborações e Patrocínios. Por norma, este tipo de profissões, tendo esta componente de exposição, atrai, igualmente, grandes marcas mundiais.

Em suma, com o entretenimento digital a evoluir, surgem, sem dúvida, oportunidades para novas carreiras. Além disso, quanto mais a tecnologia evolui, mais o mercado profissional vai igualmente mudar para se adaptar e trazer novos caminhos de ensino a quem deseja este tipo de carreira.