Geral

13 de 09 de 2023, 15:34

Cultura

Festival leva arte urbana aos edifícios e paredes de São João da Pesqueira

Freguesia de Nagoselo do Douro recebe quatro artistas de rua na próxima semana para o festival Douro Street Art. Evento visa transportar a arte urbana ao ambiente rural do Douro Vinhateiro. Hazul, Tomas Facio, Mariana PTKS e MrKas vão 'pintar' edifícios e paredes

Fotógrafo: Câmara de São João da Pesqueira

A arte urbana chega ao concelho de São João da Pesqueira na próxima semana, com o festival Douro Street Art.

O evento visa transportar a arte urbana ao ambiente rural do Douro Vinhateiro, transformando a zona “num veículo de inclusão e estímulo à partilha de culturas e tradições”, sublinha a Câmara local, que promove a iniciativa.

O festival vai ter lugar de 19 a 24 de setembro, na freguesia de Nagoselo do Douro. Durante estes seis dias, quatro artistas convidados (Hazul, Tomas Facio, Mariana PTKS e MrKas) vão criar arte visual em alguns edifícios e paredes daquela aldeia.

Entre os artistas participantes, está Hazul, que faz trabalhos de arte urbana desde 1997 tendo como uma das principais influencias a arte primitiva. O seu trabalho continua a ter a rua como cenário principal, mantendo um diálogo constante entre os mundos contemporâneo e ancestral.

Já o argentino Tomas Facio fez murais na Argentina, Alemanha, Chile, Espanha e Portugal. As suas obras consistem essencialmente em murais de pequeno e grande escala, pintura em tela e desenho/ilustração, surgindo da exploração, organização e fragmentação de imagens, questionando-as e reinventando-as.

A artista de rua Mariana PTKS trabalha em torno do abstrato, do universo e das suas infinitas possibilidades, usando combinações de cores e contrastes combinados com formas geométricas afiadas no trabalho.

Outro dos artistas convidados é MrKas, que é também o diretor artístico do Douro Street Art. Começou a pintar grafite nas ruas do Porto em 1999, quando encontrou uma lata de spray cheia na rua e decidiu marcar por todo o lado até chegar a casa. Viveu em Espanha, Bélgica e Reino Unido e o seu trabalho pode ser visto em murais, telas, museus e exposições em todo o mundo. A sua principal inspiração são as pessoas e as suas vidas, sentimentos, histórias e circunstâncias.