Geral

15 de 05 de 2024, 16:08

Cultura

Quinze peças sobem ao palco do Festival de Teatro de Viseu

Festival começa esta sexta-feira. Até 12 de junho, o Auditório Mirita Casimiro recebe espetáculos encenados por escolas e associações do concelho

festival de teatro jovem viseu 2023

Fotógrafo: Câmara de Viseu/Andrea Couceiro

Quinze peças sobem ao palco do 23.º Festival de Teatro Jovem e Amador de Viseu, que arranca já esta sexta-feira (17 de maio). Até 12 de junho, as cortinas do Auditório Mirita Casimiro vão abrir para receber espetáculos encenados por escolas e associações do concelho.

Os grupos de teatro vão concorrer pelos prémios de "Melhor Peça de Teatro”, "Melhor Interpretação Masculina” e "Melhor Interpretação Feminina”. Cada companhia vai receber ainda prémios de participação de 350 euros. Além disso, também vai ser entregue o Prémio Osório Mateus, dado ao melhor texto original.

O festival começa na sexta-feira com a peça “Nós Somos História - ESEN a Historiar”, do Curso Profissional de Técnico de Ação Educativa da Escola Secundária Emídio Navarro (ESEN).

O programa segue com “Depois da noite, o cravo” da companhia Argonautas da Escola Básica Infante D. Henrique (dia 19), “Ellas” da Visiunarte (dia 31), “Quem quer casar com a Tininha” do primeiro ciclo do Colégio da Via-Sacra (1 de junho), “Um acompanhamento para recordar” do grupo Mini-Hipérbole do Colégio da Imaculada Conceição (dia 2) e “Oh Urso!” do Centro Social e Cultural de Orgens (dia 3).

O calendário continua com “Os nossos Anos Vindouros” da companhia Hipérbole da Imaculada Conceição (4 de junho), “#beReal” do grupo Users do Lugar Presente (dia 5), “O perfume da terceira gaveta” do Clube de Teatro da ESEN (dia 6) e “Um canto e um campo: histórias de um tempo à sombra da memória” do Só no Palco da Escola D. Luís de Loureiro (dia 7).

O programa fica completo com as peças “Isto não é uma cadeira ou vamos comprar um poeta” do Projeto Comunidade da ZunZum (8 de junho), “Auto da Barca do Inferno” do Grupo Performativo RE:Star’t do Recreativo de Bassar (dia 9), “O Ensaio” do Criacena Ateliê de Teatro (dia 10) e “O Limite” do Teatro do Viso Eu (dia 11).

O Festival de Teatro termina com o espetáculo “Reconect’arte”, do ABC do Teatro do Colégio da Via-Sacra, no dia 12 de junho.

“É um encontro feliz de vontades, de sonhos, de conhecimentos e de gerações, que no palco ganha magia e a todos nos encanta”, afirma o presidente da Câmara, Fernando Ruas.

Os bilhetes poderão ser adquiridos junto dos grupos responsáveis pelas peças de teatro, previamente ou no próprio dia, hora e local do espetáculo. A entrada de crianças até aos 12 anos será gratuita. Os preços são de 2 euros para portadores do Cartão Municipal Jovem ou Sénior e de 3 euros para maiores de 12 anos.