Geral

16 de 06 de 2024, 21:42

Desporto

Académico de Viseu anuncia Diogo Almeida como reforço e homenageia atletas e antigos dirigentes em gala dos 110 anos

Mariano Lopes anunciou criação de um novo plantel que vai disputar o Circuito Liga Portugal Legends, uma equipa formada por antigos jogadores do Académico

O presidente do Académico de Viseu Futebol Clube anunciou a contratação de Diogo Almeida como reforço para a equipa sénior de futebol e a criação de um novo plantel que vai disputar o Circuito Liga Portugal Legends, uma equipa formada por antigos jogadores do Académico, como o eterno “capitão” Pica.

Estas foram algumas das novidades que Mariano Lopez deixou na gala que se realizou esta tarde de domingo para assinalar os 110 anos do clube. Diogo Almeida chega do Mafra e vai reforçar a equipa treinada por Rui Ferreira.

Durante a gala, o dirigente, que também é o presidente da SAD, divulgou que os jogadores Marquinho e e Francisco Machado assinaram por quatro épocas, atletas que também podem engrossar a equipa principal, depois de terem passado pela formação,
Nos 110 anos do clube, Mariano Lopez disse que tão importante como respeitar o passado é olhar para o futuro com ambição. “Queremos competir ao mais alto nível”, assumiu, salientando que o trabalho desenvolvido desde que chegou a Viseu – época 2021/22 – está a contribuir para “levar o clube a patamares mais cimeiros”.

Mariano Lopez admitiu que a época 2023/24 não foi a mais espetacular, mas fez questão de salientar as conquistas conseguidas em todos os escalões da formação onde o Académico de Viseu foi campeão. “Vislumbro um futuro para o Académico, não fico preocupado, mas temos de continuar a trabalhar”, sustentou. O dirigente aproveitou ainda para pedir um olhar atento por parte da autarquia ao campo 1 de Maio que precisa de ser requalificado.

O presidente destacou ainda outras modalidades distinguidas, em especial a natação, que conquistou “uma avalanche, ou seja, foram mais de 150” que foram entregues a atletas da modalidade ao longo desta época.
Do seu mandato, que começou em 2021, destacou a época anterior, 2022/23, ano desportivo com “melhores resultados” e “recordes batidos, inclusive no número de espetadores” no Estádio Municipal do Fontelo.

O dia ficou ainda marcado por uma homenagem a título póstumo aos presidente e vice-presidente, entre 2006 e 2022, António Albino e José Cabido, que, segundo o presidente da SAD, “foram responsáveis por uma mudança importante” no clube.

Foram ainda entregues prémios, entre eles o Prémio Revelação Natação a Tomás Sousa, Revelação Futebol Formação a Marquinho e Revelação Futebol Feminino a Eva Loureiro. O Viriato de Mérito Desportivo foi para Humberto Fonseca e o Treinador do ano entregue a Marco Pereira. O Viriato para Jogador do Ano foi para Francisco Machado (Sub 23). Foram ainda distinguidos os parceiros do Académico: Palácio do Gelo, 2 Play e Terrosilvares.

A festa no interior do Teatro Viriato terminou com a apresentação do novo hino do Académico de Viseu, um original da cantora e compositora viseense Mara Pedro, que dá também voz ao tema.
A gala de hoje foi sucedida com um arraial, no jardim de Santo António, em frente ao Teatro Viriato, numa forma de “abrir o clube à cidade e mostrar aos adeptos que o Académico é de todos, da cidade e da região”, reconheceu Mariano Lopez.