Bianca Leão

01 de 12 de 2023, 19:55

Desporto

Académico de Viseu concilia exibição segura a vitória sobre o Belenenses

Vitória por 3-1 na receção ao Belenenses, num jogo onde o avançado André Clóvis ‘bisou’ na partida. Vitória afasta o Académico de Viseu dos lugares perigosos da Segunda Liga

Académico de Viseu

Fotógrafo: Académico de Viseu

Depois da derrota em Vila Nova de Gaia, o Académico voltava a jogar em casa, frente ao Belenenses – penúltimo classificado da Segunda Liga. Jorge Simão alterava quatro jogadores em relação ao último jogo, sendo que o clube de Viseu nunca venceu a equipa do Restelo para o segundo escalão, em dois jogos realizados.

A restauração da confiança academista

Melhor entrada não poderia ter o Académico no encontro, com o primeiro golo a surgir logo aos 5’. Jogada pela direita de Gautier, cruzamento para o interior da área, onde Clóvis atirou para uma defesa à figura de Guilherme. Na ‘recarga’, Tiago Manso introduziu a bola dentro da sua própria baliza.

Antes do quarto de hora, uma jogada de todo semelhante à do primeiro golo, desta vez pela direita, com Labila a encontrar Clóvis no interior da área para o segundo golo academista. Entrada muito segura dos homens comandados por Jorge Simão no jogo. Só dava Académico no encontro e aos 30’ nunca o Belenenses tinha ameaçado a baliza de Gril.

O Académico de Viseu nos últimos minutos da primeira parte diminui o ritmo do jogo e mesmo assim foi para o intervalo a jogar com mais um jogador. Expulsão de Rui Correia depois de uma entrada dura sobre Messeguem. Pouco depois, Clóvis poderia ter feito o terceiro golo academista, mas o Académico recolheu mesmo aos balneários com uma vantagem de dois golos.

Consolidação da melhor equipa em campo

Esperava-se uma entrada mais acutilante do Belenenses no segundo tempo, devido ao resultado registado, mas o facto é que foi o Académico quem voltou a entrar mandão no terreno de jogo. Aos 58’ a formação visitante por pouco não reduziu o marcador, mas André Almeida retirou a bola de cima da linha de golo, após remate de Rúben Pina.

Aso 67’ Clóvis teve perto do golo, mas após um grande cabeceio, Guilherme estirou-se e impediu o terceiro tento academista no encontro. No lance a seguir a premonição concretizou-se e André Clóvis conseguiu o seu segundo golo na partida. Assistência de Gautier para a finalização do número 33 academista.

Até final o Belenenses ainda reduziu o marcador por Clé, aos 90', mas o Académico de Viseu segurou os três pontos no Fontelo com uma exibição muito bem conseguida por parte dos atletas treinados por Jorge Simão.

Este triunfo coloca o Académico de Viseu, à condição, no 12º lugar do campeonato, com 14 pontos. O próximo jogo da equipa no campeonato é de domingo a oito dias, em Mafra.