Rafael Santos

07 de 04 de 2021, 11:58

Desporto

Académico "suporta totalidade dos custos" para jogar em Aveiro

Na impossibilidade de jogar no Estádio do Fontelo, o Académico de Viseu vai disputar as últimas quatro jornadas da época na condição de visitado no Estádio Municipal de Aveiro

Imagem

Na impossibilidade de jogar no Estádio do Fontelo, o Académico de Viseu vai disputar as últimas quatro jornadas da época na condição de visitado no Estádio Municipal de Aveiro.

Ramiro Sobral, diretor geral da SAD academista, assume que “é a SAD do Académico de Viseu que suporta a totalidade dos custos, quer das deslocações, quer da utilização do estádio”. O responsável conta que tudo isto vai ser realizado “através de um protocolo estabelecido com a Câmara Municipal de Aveiro”.

Ramiro Sobral não esconde que esta “nova realidade” vai ter impacto nas contas do Académico de Viseu e realça que “mesmo que fosse um valor mínimo de utilização, iria ter sempre um impacto financeiro”. O diretor geral da SAD dos beirões relembra que “desde o início da época que temos contado connosco para a resolução dos problemas e vamos continuar a contar connosco”.

Ramiro Sobral salienta que, desde a mudança de estádio até às condicionantes provocadas pela pandemia da Covid-19, “são tudo impactos negativos para o orçamento desta época, daí serem cada vez mais as dificuldades de conseguirmos cumprir os objetivos a que nos propusemos”.

“Nós já estamos habituados a ser tudo difícil para o Académico de Viseu, portanto, é só mais uma dificuldade, das muitas que nós temos, para conseguir competir ao mais alto nível”, diz.

O diretor geral da SAD do Académico de Viseu conta que só vão usar “o Estádio Municipal de Aveiro só no dia do jogo” e que, antes de cada encontro, têm “direito a um treino de adaptação.

Tal situação não vai acontecer na próxima jornada, contra o Vizela, “porque o Beira Mar joga em casa no sábado e não temos possibilidade de efetuar o treino de adaptação”. Contudo, o responsável garante que “na próxima jornada que jogarmos na condição de visitado no Estádio Municipal de Aveiro, teremos sempre um treino de adaptação”.

Ramiro Sobral diz que, para o Académico de Viseu, as últimas oito jornadas do campeonato da Segunda Liga vão ser “quatro jogos na condição de visitante e quatro jogos em campo neutro”.

“Enfrentamos isso com otimismo, de ser um campo neutro para as duas equipas. Pode ser que isso seja uma vantagem para nós, porque nós temos tido melhores resultados fora do que em casa”, admite.

A estreia do Académico de Viseu no Estádio Municipal de Aveiro está agenda para a próxima segunda feira (12 abril), em partida frente ao Vizela, a contar para a 28.ª jornada da Segunda Liga. Em Aveiro, os academistas recebem ainda o FC Porto B, o Vilafranquense e o Sporting da Covilhã.

O Académico de Viseu é 13.º classificado na Segunda Liga de futebol, com 29 pontos em 27 jogos.

Mais Notícias