Geral

12 de 05 de 2022, 19:19

Desporto

Foi 'saboroso' conseguir a manutenção, diz capitão do Académico

Fernando Ferreira destaca união da equipa, que faz esta sexta-feira o último jogo da época, com o Penafiel, já depois de assegurar a manutenção na Segunda Liga

FERNANDO FERREIRA ACADÉMICO DE VISEU

Fotógrafo: Académico de Viseu

Foi “muito saboroso” garantir a manutenção na Segunda Liga, disse Fernando Ferreira, capitão do Académico de Viseu. O Jornal do Centro ouviu o jogador, que lembrou que, apesar das dificuldades, o objetivo da permanência foi conseguido antes da última jornada, que se realiza esta sexta-feira (13 de maio).

Os academistas vão terminar a época com um duelo frente ao Penafiel, marcado para as 18h00, no Estádio Municipal de Aveiro, onde a equipa tem jogado devido às obras no Estádio do Fontelo.

Em declarações ao Jornal do Centro, Fernando Ferreira lembrou que a equipa teve de assumir a responsabilidade de não fazer com que o Académico descesse de divisão, destacando que o objetivo era fazer uma época mais tranquila.

“Ninguém queria estar a passar por esta situação (a equipa sofreu cinco derrotas consecutivas num só mês para o campeonato), mas estávamos nessa situação nas últimas jornadas e tínhamos de assumir a responsabilidade de manter o clube na Segunda Liga”, afirmou.

Após assegurar a manutenção, acrescentou, “foi um alívio enorme para todos”. Fernando Ferreira destacou a união do grupo, sobretudo quando a equipa atravessou um período mais difícil.

“Houve uma altura em que tivemos de ‘tocar’ os sinos e pôr-nos a trabalhar todos em conjunto. Em fevereiro, ninguém pensava que isto pudesse acontecer, mas aconteceu, tivemos de dar a volta a esta situação e unimo-nos todos. Isso fez com que nós consigamos este objetivo”, disse.

Quanto ao facto de os jogos em casa terem sido feitos em Aveiro, o capitão dos academistas lembrou que é sempre melhor esta perto dos adeptos, mas garantiu que isso nunca serviu de desculpa.

“Como é lógico, o nosso objetivo e aquilo o que sempre fizemos e queremos é jogar na nossa casa, no Fontelo. É o espaço que nós conhecemos e queremos para que os nossos adeptos estejam mais próximos, mas nunca nos agarrámos a isso como desculpa para o que fosse porque não havia outro caminho senão jogar em Aveiro”, disse esperando poder regressar brevemente ao Fontelo “porque seria um fator positivo para o grupo”.

Quanto ao último jogo, frente ao Penafiel, Fernando Ferreira garantiu que a equipa quer deixar uma boa imagem para o Académico e que o adversário não vai encontrar facilidades.

“Não vamos deitar agora tudo por água abaixo só porque o objetivo está conseguido. Iremos enfrentar uma equipa que tem os seus objetivos bem definidos e não vamos esperar facilidades do Penafiel, mas também o Penafiel não vai esperar facilidades do Académico”, assegurou.

Fernando Ferreira deixou ainda uma palavra aos adeptos, dizendo que foram importantes na concretização da manutenção. “Percebemos muitas vezes a cobrança deles e é bom que exista isso porque é sinal que o Académico está vivo”, concluiu.