Bianca Leão

19 de 09 de 2023, 18:01

Desporto

Liga Revelação: Académico de Viseu regressa às vitórias frente ao Rio Ave

Triunfo por 3-1 consolida o Académico no top-4 da Série A da Liga Revelação. Equipa conquistou terceira vitória na competição, fruto da grande consistência de jogo que se viu durante grande parte da partida, principalmente após o golo que abriu o placar

Fotógrafo: Académico de Viseu

Duas vitórias e duas derrotas para o campeonato por parte do Académico de Viseu na Liga Revelação. Frente ao Rio Ave, essa empate estatístico iria pender para um dos lados, ao menos que as duas formações empatassem no encontro que teve lugar na tarde desta terça-feira, no Estádio Municipal do Fontelo. Isso não aconteceu e o Académico de Viseu ganhou por 3-1.

Marcar para acordar
O Rio Ave entrou melhor na partida e antes dos 10’ de jogo já tinha disposto de dois remates perigosos à baliza academista – fruto de perdas de bola por parte da defesa do Académico.

Depois dessas aproximações perigosas, o jogo perdeu o pouco gás que tinha e nenhuma das equipas possuía fio de jogo necessário para incomodar a defensiva adversária. O primeiro remate à baliza do encontro surgiu aos 22’, por parte de Maga, do Académico, que inaugurou o marcador pouco depois. Boa combinação da ala direita academista, Martim Silva isolou-se perante o guarda-redes do Rio Ave e abriu o placar no Fontelo.

Aos 35’, Papo recuperou a bola no seu meio-campo defensivo, correu tirando todos os adversários que encontrou pelo caminho, mas atirou fraco para a defesa de Lucas Flores e perdeu-se assim oportunidade para o Académico ampliar o marcador. Desde o golo a equipa de Viseu melhorou bastante o seu rendimento e não deu hipótese de resposta à equipa que viajou desde Vila do Conde para tentar a igualdade no marcador. Ao intervalo o Académico vencia por uma bola a zero.

Consolidação por parte da melhor equipa
Se a equipa da casa tinha acabado por cima a primeira parte, a superioridade resultou no ampliar do placar no início do tempo complementar. Um golo em tudo parecido com o primeiro, com Papo em frente a Lucas Flores a atirar para o fundo da baliza.

Em desvantagem por dois golos, o Rio Ave não tinha capacidade para reagir, fruto da boa organização defensiva do Académico. A primeira oportunidade de perigo para os visitantes no segundo tempo surgiu aos 70, após remate de Brkic, para uma grande intervenção de Sampaio.

A controlar o jogo, o Académico de Viseu conseguiu chegar ao terceiro golo, aos 80’. Currás desmarcou Bruno Simão, que isolado e com toda a calma do mundo rematou para o canto superior direito da baliza do Rio Ave. Antes do final, já em tempo de compensação, os homens de Vila do Conde conseguiram reduzir o marcador, por Fodelcio, fixando o resultado final em 3-1.

Esta vitória consolida o Académico no top-4 da Série A da Liga Revelação. Os academistas somam agora nove pontos e sobem à 3ª posição da tabela. O próximo jogo da equipa de Viseu no campeonato é dentro de uma semana, em Famalicão.

Declarações do treinador do Académico de Viseu pós-jogo


Muito satisfeito com a vitória e com a prestação dos seus jogadores em campo, Nuno Braga admitiu que a equipa entrou nervosa na partida. “Entrámos muito nervosos no jogo. Não conseguimos ter a posse que costumamos ter. A partir de uma certa altura e depois de revermos algumas imagens conseguimos ter muito mais critério de jogo”, disse.

O técnico mostrou-se muito contente com a quantidade de adeptos hoje presentes no jogo da Liga Revelação. “Tenho a agradecer quem se esforçou para nos dar a oportunidade jogar no Fontelo. Tivemos uma casa muito bonita para o escalão de sub-23. Com um relvado excecional, o que ajudou à boa exibição dos jogadores. Obtivemos uma vitória que dignifica os viseenses a massa adepta que tivemos cá”, refletiu.