Rafael Santos

11 de 06 de 2021, 16:22

Desporto

Os Euro...milhões da seleção que entra em campo a 15 de Junho

Seleção das quinas mede forças com Hungria, Alemanha e França no grupo F do Euro 2020

Valor Mercado Jogadores Seleção

O dia 15 de junho de 2021 marca o início do Euro 2020 para a seleção portuguesa de futebol que se encontra presente no Grupo F, juntamente com França, Alemanha e Hungria.

O primeiro jogo de Portugal será perante a seleção húngara, que também fez parte do grupo nacional no passado Euro 2016. Os pupilos de Marco Rossi, selecionador húngaro, qualificaram-se para a fase final do Euro 2020 depois de bater por 2-1 a seleção da Islândia no playoff.

A Hungria conta com alguns jogadores conhecidos, como é o caso de uma dupla do Leipzig, composta pelo guarda-redes Gulácsi e pelo defesa central Willi Órban.

O médio Dominik Szoboszlai é a principal baixa dos húngaros para o campeonato europeu. O também jogador do Leipzig encontra-se lesionado desde o mês de janeiro, altura em que se mudou do Red Bull Salzburg para o clube alemão.

Na segunda jornada os jogadores portugueses irão defrontar a seleção da Alemanha que é comandada por Joachim Low, que vai abandonar o seu cargo no final da competição.

A sua lista de 26 jogadores convocados está recheada de estrelas mundiais, como é o caso de Manuel Neuer, lkay Gündogan, Toni Kroos, Joshua Kimmich, Thomas Muller e Kai Havertz.

A Alemanha é uma das equipas com um maior grau de favoritismo e com mais história nos campeonatos europeus, já tendo conquistado o título por três vezes, apesar de não o conseguir desde o ano de 1996.

Para se qualificar para esta fase final os jogadores alemães tiveram que defrontar a Holanda, Irlanda do Norte, Bielorrússia e Estónia no Grupo C da fase de qualificação.

A última partida de Portugal na frase de grupos será contra a atual seleção campeã do mundo, França. Na fase de qualificação a seleção francesa teve que defrontar a Turquia, Islândia, Albânia, Andorra e Moldávia fazendo um total de 25 pontos em 30 possíveis.

Karim Benzema, avançado do Real Madrid, foi a principal surpresa da convocatória de Didier Deschamps, já que o avançado não era chamado desde o dia 8 de outubro de 2015, data em que fez o seu último jogo pelos gauleses.

O avançado francês encontrava-se suspenso pela Federação Francesa de Futebol, depois deste ter estado envolvido numa polémica com então companheiro de equipa Valbuena, por suspeitas de chantagem e extorsão, o que o levou a falhar o Euro 2016 e o Mundial 2018.

Ainda que o avançado tenha somado boas exibições e conquistado um grande número de títulos, entre eles Ligas dos Campeões e Campeonatos espanhóis, só se viu livre da suspensão na fase de preparação para o Euro 2020.

N’golo Kanté também é visto como uma grande figura dos gauleses. O médio defensivo do Chelsea foi uma das principais figuras do clube inglês na conquista da última Liga dos Campeões.

Para além de Benzema e Kanté, o selecionador francês Didier Deschamps pode contar com jogadores de renome internacional, como é caso de Raphael Varane, Paul Pogba, Antoine Griezmann e Kylian Mbappé.

A seleção francesa, tal como o a alemã, é sempre considerada uma das favoritas à conquista do europeu, apesar de já não vencer este título 2000.

De relembrar que o último campeonato europeu de seleções ocorreu em França tendo sido vencido por Portugal, em final contra o país anfitrião do torneio.

{#imagem}