Carlos Eduardo

12 de 02 de 2024, 15:35

Desporto

Viseu: José Carlos Lopes recandidata-se à liderança da Associação de Futebol

Atual presidente anunciou formalmente que quer voltar a liderar o organismo maior do futebol e futsal do distrito. Transparência, dedicação e proximidade são valores apontados numa recandidatura agora oficializada, mas já anunciada há alguns meses ao Jornal do Centro

jose carlos lopes

São três os “valores fundamentais e inalteráveis” que José Carlos Lopes, atual presidente da Associação de Futebol de Viseu (AFV) , apresenta como fundamentais para a recandidatura ao cargo. No anúncio, que foi feito recentemente nas redes sociais, José Carlos Lopes fala de “transparência, dedicação e proximidade” como pilares de um novo mandato à frente do organismo, caso seja o escolhido nas eleições que decorrem este ano.

O atual presidente garante que “a recandidatura à Associação de Futebol de Viseu continuará a ser pautada por uma gestão transparente, comprometida com os Clubes e uma comunicação aberta a todos, o que tem sido apanágio do caminho percorrido até ao momento”. José Carlos Lopes refere que houve até agora uma “incansável dedicação e entrega” que se traduziram em “inúmeras iniciativas que fortaleceram a estrutura da Associação de Futebol de Viseu e os seus Clubes”.
A olhar para o futuro, o líder da AFV confia que vão ser concretizados “novos projetos, com vista a um crescimento contínuo e sustentado” da Associação.

Além da transparência e da dedicação, José Carlos Lopes frisa que quer um organismo próximo dos clubes. “A presença junto dos vários Clubes dos concelhos de todo o distrito manter-se-á permanente e notória, garantindo que as suas necessidades e dificuldades sejam ouvidas e objeto de uma intensa preocupação e análise, de modo a levar a bom porto as suas resoluções”, pode ler-se na nota oficial onde apresenta a recandidatura ao cargo.

A vontade de José Carlos Lopes em continuar à frente dos destinos da AFV já tinha sido avançada numa entrevista ao Jornal do Centro. Em setembro, o atual presidente do organismo referiu que no rescaldo do chamado “Caso Cinfães”, em que a equipa do norte do distrito não foi incluída no sorteio da Taça de Portugal, recebeu “apoio e carinho” que o fizeram avançar para nova candidatura à frente da AFV. “Acredito fielmente no que tenho feito e sou capaz de fazer. Se forem justos, este mandato passou por uma terrível pandemia. Acreditamos que com humildade, transparência e competência e apoio e proximidade dos clubes poderemos fazer um melhor trabalho”, vincou José Carlos Lopes ao Jornal do Centro.

O atual presidente da AFV é o segundo candidato à liderança do organismo. O anúncio da recandidatura de José Carlos Lopes surge dias depois de António Loureiro também ter-se afirmado como candidato à presidência do organismo que tutela o futebol e o futsal no distrito de Viseu.