Carlos Eduardo

01 de 04 de 2023, 08:35

Desporto

Divisão de Honra: SL Nelas vai tentar desafiar a liderança do CD Cinfães

Líder joga em Nelas este domingo e tem primeiro lugar em risco. Ceder pontos pode significar descida para o segundo lugar. ACDR Lamelas e GD Oliveira de Frades à espreita e GD Mangualde, também

Fotógrafo: Sport Lisboa e Nelas

Este domingo haverá nova jornada de fortes emoções na fase de campeão da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Viseu. A jornada 9 surge com o Cinfães na frente, com mais dois pontos do que o Lamelas e três em relação ao Oliveira de Frades.

Quer isto dizer que não há espaço para deslizes. Qualquer perda de pontos pode representar o fim do sonho do título para estas três equipas. Em quarto lugar surge o Mangualde, a cinco pontos do primeiro colocado.

Este fim de semana, o líder Cinfães joga em Nelas. A equipa da casa está já longe dos primeiros lugares. Os treinados de Paulo Listra ocupam o sétimo e penúltimo lugar, com seis pontos.

Ao Jornal do Centro, o treinador do Nelas garante que qualquer classificação acima do conseguido a época passada seria positivo. "Como todas as equipas, o objetivo passava [na primeira fase] por ficar nos quatro primeiros. E isso garantia logo a manutenção. A partir do momento que se consegue, estamos cá para disputar os jogos. Agora no apuramento de campeão é fazer o melhor possível. Se pudermos fazer melhor do que o ano passado, faremos", referiu Paulo Listra. O Nelas foi sexto colocado na fase do título na temporada transata.

Até ao momento, os nelenses perderam três jogos, empataram outros três encontros e somaram uma vitória. Ao Cinfães resta o aviso. É que o Nelas foi ganhar a Oliveira de Frades, o atual terceiro classificado.

Questionado sobre qual foi até agora a equipa mais forte que o Nelas defrontou, Paulo Listra não tem dúvidas e refere duas: Lamelas e Cinfães. "Equiparam-se em termos de soluções e plantel. São as mais bem estruturadas. Se reparar, há muito equilíbrio quer nos jogos, quer nos resultados. E, depois, sim, as equipas com um maior número de bons jogadores, fazem a diferença", explica.

O técnico do Sport Lisboa e Nelas recorda que "a maior parte das equipas treina quatro vezes e nós, três", defendendo que "nesta fase do campeonato já acaba por se notar". "Todas as equipas são profissionais na hora do jogo, mas estruturalmente há equipas muito mais bem preparadas e mais profissionais dentro do amadorismo", sublinha.

Para o jogo contra o Cinfães, Paulo Listra espera muitas dificuldades, mas confia numa boa resposta dada pelo Nelas. "O fator casa acaba por ser fundamental. Os jogadores estão mais ambientados ao terreno e a toda a envolvência. E pode ajudar-nos. Esperamos um jogo difícil frente a uma equipa muito motivada, chegou agora ao primeiro lugar. Vamos tentar dar uma resposta como demos em Cinfães, em que perdemos muito injustamente, mesmo no fim", afirma.

O líder do campeonato chega a Nelas com apenas uma derrota averbada na fase de campeão. De resto, os cinfanenses são a melhor defesa do campeonato, com apenas sete golos consentidos. O Nelas sofreu apenas mais dois golos em relação ao Cinfães.

Luciano Cerdeira, treinador do Cinfães, vai a Nelas com a noção de que o jogo não será fácil. "Será extremamente difícil", confessa ao Jornal do Centro. "O Nelas tem um excelente treinador. É alguém com conhecimento profundo da Divisão, a quem reconheço bastante qualidade e competência. Está a fazer um excelente trabalho no Nelas", diz, elogiando o trabalho de Paulo Listra à frente dos nelenses.

Apesar de estar ciente das dificuldades que o Cinfães atravessará em Nelas, o treinador da equipa do norte do distrito assegura que durante a semana "estamos a trabalhar para fazer um bom resultado".

Do adversário deste domingo, 2 de abril, Luciano Cerdeira destaca a capacidade de fazer golos. "É uma equipa com uma frente de ataque extraordinária: com muita mobilidade, muita qualidade e muito fortes nas transições ofensivas e bolas paradas. Têm o melhor marcador desta divisão", detalha.

Sobre a Divisão de Honra, Luciano Cerdeira vê um campeonato distrital cada vez mais "nivelado por cima". "Nos últimos anos tem crescido imenso e este ano é uma prova de que a qualidade tem sido tremenda. Há muita competência dos treinadores, dos jogadores. Cada fim de semana os jogos são de tripla com muitas dificuldades para toda a gente. Continuo a achar que vai ser uma fase final bastante competitiva. Todas as equipas acreditam que podem ser campeãs e vai ser uma luta até ao fim", defende.

Na época passada, os cinfanenses não passaram em Nelas e consentiram ali uma das seis derrotas da fase de campeão (1-0). Já na atual edição da Divisão de Honra, o Nelas perdeu em Cinfães por 2-1.

Atentos ao que fará o Cinfães em Nelas vão estar Lamelas e Oliveira de Frades. Sem muita margem de erro, ambos jogarão em casa: Lamelas vai receber o Lamego, enquanto o Oliveira de Frades será anfitrião do Penalva do Castelo.

Também entrará em campo o Mangualde que ainda espreita uma oportunidade para chegar aos três primeiros lugares. A equipa treinada por Rogério Sousa joga fora de casa contra o Nespereira.

Recorde-se que apenas o primeiro classificado segue para o Campeonato de Portugal e levanta a taça de campeão distrital. O segundo lugar dá direito a entrar na primeira eliminatória da Taça de Portugal e o terceiro colocado entrará na Taça de Sócios de Mérito, competição organizada pela Associação de Futebol de Viseu.