Geral

20 de 05 de 2023, 09:00

Cultura

'Conversas Emergentes' discutem cultura para os mais novos

Quinta da Cruz, em Viseu, recebe encontro que vai refletir sobre a criação de artes performativas para crianças e jovens. Projeto com laboratórios e conversas decorre desde início de maio e passa por alguns pontos do país

Fotógrafo: Plano Nacional das Artes

A Quinta da Cruz, em Viseu, recebe um encontro que vai refletir sobre a criação de artes performativas para crianças e jovens. As Conversas Emergentes vão decorrer nos dias 23 e 24 de maio e são uma organização da Companhia Caótica e do Plano Nacional das Artes.

O projeto tem como motor o desejo de “perceber as questões transversais entre aqueles que trabalham no setor, bem como imaginar coletivamente caminhos para o futuro”, explicam os organizadores.

“Queremos criar um espaço de reflexão e diálogo para unir forças e dar mais visibilidade às urgências do setor, pois acreditamos na dimensão política de pensarmos e agirmos coletivamente”, afirma a coordenadora do projeto Caroline Bergeron.

Esta iniciativa conta com laboratórios e conversas que estão a decorrer desde o início de maio, começando nas zonas de Lisboa e Vale do Tejo e do Alentejo, com encontros em Torres Vedras e Évora. O evento segue agora para a região Centro.

A iniciativa culminará na edição de um livro do sociólogo Rui Telmo Gomes e na produção de um documentário realizado por António-Pedro e Caroline Bergeron, que partilha a mediação das sessões com Sara Franqueira. Ambos serão lançados durante a Amostra: Encontro Nacional de Artes Performativas para a Infância e Juventude, que terá lugar em outubro deste ano em Loulé.

Os encontros são abertos a todas as pessoas que queiram pensar a criação e programação artística para o público jovem - desde artistas e professores a programadores e outros profissionais da cultura. As vagas são limitadas e sujeitas a inscrição, realizadas através do e-mail comunicacao.companhiacaotica@gmail.com.

Depois de Viseu, as Conversas Emergentes acontecerão ainda em Loulé (30 e 31 de maio), Braga (27 e 28 de junho) e Ponta Delgada (3 e 4 de julho).