Geral

08 de 12 de 2023, 11:17

Diário

Artesão de Nandufe (Tondela) é candidato ao Prémio Nacional do Artesanato 2023

Das mãos de José António Antunes já saíram inúmeras peças artísticas, como o "Cesto de Nandufe"

José António Antunes artesão Tondela

José António Antunes, serralheiro e artesão, natural de Nandufe, no concelho de Tondela, é finalista do Prémio Nacional do Artesanato 2023 na categoria de empreendedorismo e inovação.

O artesão é um dos cinco nomeados ao galardão atribuído pelo Instituto Português do Emprego e Formação Profissional (IEFP). As votações para o prémio abriram a 6 de dezembro e terminam no próximo dia 18.

Das mãos de José António Antunes, da J.Arte, já saíram inúmeras peças artísticas, todas criadas a partir de porcas, parafusos, correntes, rolamentos, molas e anilhas, materiais que ganharam desta forma uma nova vida.

Recentemente o artesão executou uma nova peça, “O Poças”, recriando a cesta típico de Nandufe, numa homenagem aos cesteiros da sua terra natal. O primeiro exemplar desta peça foi entregue, a 26 de setembro, à presidente da Câmara, Carla Antunes Borges, na reunião pública do executivo municipal.

José António Antunes é presença habitual no Artesanatus, o mercado de artesanato promovido pela autarquia e que decorre sempre no primeiro domingo de cada mês na entrada do Parque Urbano da cidade.

O Município de Tondela felicita o artesão por chegar à fase de votações deste prémio e apela a toda a população do concelho para que vote em José António Antunes.

O Prémio Nacional do Artesanato, integrado no Programa de Promoção das Artes e Ofícios, é atribuído bianualmente. Este palmarés foi criado com o objetivo de promover a produção artesanal, nas suas vertentes tradicional e contemporânea, distinguindo os artesãos portugueses, valorizando as competências técnicas e profissionais e a capacidade estética dos artesãos.

O galardão integra 6 categorias: Grande Prémio Carreira; Prémio Empreendedorismo e Inovação; Prémio Jovens Talentos; Prémio Investigação; Prémio Promoção para Entidades Privadas; Prémio Promoção para Entidades Públicas.

Serralheiro desde a adolescência, José António Antunes está a conseguir transformar em peças artísticas as ideias que lhe povoam a cabeça. Pondo em prática a expressão “lixo de uns, tesouro de outros”, das suas mãos já saíram dezenas de peças que tem levado a feiras de artesanato.

Do seu espólio atual, constam peças mais pequenas e simples, como flores ou crucifixos, e outras maiores e mais trabalhosas, como um barco e um chapéu de ‘cowboy’.

A primeira vez que José António expôs as suas peças em público foi em setembro de 2022, quando acompanhou Fausto Dinis, outro artesão de Nandufe, no stand que este tinha na Feira Industrial e Comercial do Concelho de Tondela (FICTON). Este ano foi o vencedor do Prémio FIADA, Feira Internacional de Artesanato, Design e Outras Artes que se realizou na Covilhã.