Geral

02 de 04 de 2024, 16:12

Diário

Carlos Santiago despede-se da Câmara de Sernancelhe com homenagem a ex-autarca

Presidente da autarquia fez na segunda-feira o seu último ato como autarca, homenageando o antecessor José Mário Cardoso. Carlos Santiago vai ser deputado na Assembleia da República

carlos santiago último ato presidente créditos câmara de sernancelhe

O presidente da Câmara de Sernancelhe, Carlos Santiago, fez esta segunda-feira (1 de abril) o seu último ato público como autarca, homenageando o seu antecessor no município, José Mário Cardoso.

Devido à nomeação de António Leitão Amaro – cabeça de lista da Aliança Democrática por Viseu nas legislativas de 10 de março – como ministro da Presidência no Governo, Carlos Santiago vai deixar em definitivo as funções autárquicas em Sernancelhe e assumir o lugar de deputado na Assembleia da República.

O pedido de suspensão foi entregue já esta quinta-feira (dia 2). “Entreguei hoje de manhã o meu pedido de suspensão da presidência da Câmara de Sernancelhe para assumir funções de deputado na Assembleia da República”, disse Carlos Santiago em declarações à agência Lusa.

O também presidente da distrital de Viseu do PSD estava em quarto lugar na lista da AD, que conseguiu eleger três deputados pelo círculo eleitoral. Já antes, Carlos Santiago tinha interrompido o mandato autárquico para participar na campanha, tendo regressado logo no dia a seguir às legislativas.

Além disso, liderou na última década os destinos de um concelho onde o PSD tem tido as maiores votações no distrito de Viseu, um feito que se repetiu nas legislativas de 10 de março com 60,11 por cento dos votos. Já nas autárquicas de 2021, os sociais-democratas tiveram maioria absoluta, obtendo todos os mandatos na Câmara com mais de 81% dos votos.

Carlos Santiago quis que a homenagem ao seu antecessor na Câmara de Sernancelhe fosse o último ato público como autarca. Também defendeu o trabalho de José Mário Cardoso, a quem, acrescentou, “se deve o início do processo de desenvolvimento do concelho”.

O nome do ex-autarca – que foi presidente da Câmara pelo PSD entre 1989 e 2013, ano em que tomou posse Carlos Santiago – está agora gravado na sala de reuniões do executivo de Sernancelhe.

No seu discurso, Carlos Santiago revelou que a cerimónia de homenagem a José Mário Cardoso serviu para demonstrar “gratidão” a quem “conseguiu transformar Sernancelhe naquilo que é hoje” e lembrou a aposta do seu antecessor em referências do concelho como Aquilino Ribeiro, o Santuário da Lapa e a castanha.

Terminada a cerimónia no salão nobre dos Paços do Concelho, que juntou várias personalidades ligadas a Sernancelhe, entre elas Joaquim Seixas (que foi presidente da Assembleia Municipal e ocupou mais tarde a vice-presidência da Câmara de Viseu no mandato de Almeida Henriques), foi inaugurada a sala de reuniões da Câmara e uma pintura com a imagem do antigo presidente.

Na presidência da Câmara de Sernancelhe fica o até agora vice-presidente, Carlos Santos, que já tinha assumido o cargo aquando do pedido de suspensão para a campanha das eleições legislativas.