Geral

09 de 09 de 2023, 16:22

Diário

Fora de Rebanho encontra nova casa em Viseu para proteger a cultura alternativa

Durante os seus primeiros sete anos, a Fora de Rebanho trabalhou em parceria com a ASDREQ – Associação Social Desportiva Recreativa de Quintela de Orgens

Fora de Rebanho

Rock, metal ou música eletrónica, muitos consideram estes géneros musicais como fazendo parte de uma cultura alternativa, que difere dos géneros mainstream. Em Viseu, uma das grandes responsáveis pela difusão desta cultura é a Associação Fora de Rebanho.
Esta associação, com uma década de existência, encontrou agora um local fixo onde vai poder desenvolver atividades, depois de três anos em que foram “testando alguns espaços e com bastantes eventos na cervejaria Santo Graal”, explicou ao Jornal do Centro um dos elementos da associação. A Fora de Rebanho vai adaptar duas lojas no Centro Comercial Académico, que irão albergar a sede, uma pequena sala de espetáculos e uma zona de bar, tornando-se num “ponto de encontro dos sócios”.
“A ideia é, depois com o tempo, ir dinamizando mais a associação, não só no sentido dos eventos normais que fazemos com concertos, mas noutro género de atividades. Talvez diversificar o tipo de atividades que fazemos para sermos mais associação em si do que propriamente só uma promotora de eventos”, afirmou o mesmo elemento da Fora de Rebanho.
A associação de cultura alternativa apoia-se maioritariamente em três pilares: a massa de sócios; a realização de eventos com angariação de fundos e ainda alguns patrocinadores. Já a nível do apoio prestado pelo município, a mesma fonte mantém-se na expetativa de obter este tipo de fundos, considerando que são há muito merecidos pela Fora de Rebanho. Uma coisa é certa, com ou sem apoio, e como cantaram os Queen, “the show must go on”. O lema de trabalho da associação é simples: “Nós vamos fazer, se depois tivermos apoios vamos fazer melhor, mas fazemos sempre.”
Em relação à música alternativa na região de Viseu, e “tendo em conta a densidade populacional que temos”, explicou a fonte ligada à Fora de Rebanho, “podemos dizer que temos bastante cultura dentro de uma área mais alternativa na região de Viseu”. Como exemplos, fala da Associação Milagre Metaleiro, da Rocha Produções, do Hard Metal Fest, do Tondela Rocks e ainda de eventos como o Viseu Rock Fest.
Durante os seus primeiros sete anos, a Fora de Rebanho trabalhou em parceria com a ASDREQ – Associação Social Desportiva Recreativa de Quintela de Orgens. Um problema com a Proteção Civil e com o edifício da ASDREQ acabou por inviabilizar o licenciamento dos eventos da Fora de Rebanho. Depois de três anos de procura pelo local ideal, este vai nascer no Centro Comercial Académico.