Geral

09 de 06 de 2021, 09:51

Especiais

Autárquicas: autarcas eleitos pelo PSD avançam como independentes em Santos Evos

Sandra Gomes, ex-presidente da Junta de Freguesia do concelho de Viseu, é a número dois da lista encabeçada pelo atual presidente

sandra gomes santos evos viseu novo

Um movimento de independentes vai concorrer à Junta de Freguesia de Santos Evos, no concelho de Viseu, nestas autárquicas.

A lista é liderada pelo atual presidente, Carlos Santos, que tem Sandra Gomes como número dois.

A ex-presidente da Junta de Freguesia ganhou as eleições em Santos Evos pelo PSD nas últimas autárquicas em 2017, mas renunciou ao mandato no início deste ano justificando-se pela “desunião” da equipa que compunha na altura o executivo local. Agora, faz parte do movimento Santos Evos Independente.

Carlos Santos, líder do movimento que quer retirar o PSD do poder autárquico na freguesia, garante que a ex-presidente da Junta está pronta para o que der e vier.

“Quando renunciou, ela disse que não queria ser mais cabeça de lista e não está disponível para encabeçar, mas está exatamente como número dois. Se as coisas correrem de alguma forma, pode ser eleita. Ela sabe perfeitamente e tem a noção disso”, explica Carlos Santos em declarações ao Jornal do Centro.

Questionado se Sandra Gomes assumirá novamente o leme da Junta caso Carlos Santos renuncie, o cabeça de lista do movimento independente admite essa possibilidade. “Se houver alguma situação, terá de ser ela a pegar. Não a pus essa questão, mas poderá acontecer”, afirma.

Carlos Santos revela ainda que a lista se formou por causa da desavença que existiu a meio do mandato quando Sandra Gomes liderava.

“Houve aqui esta necessidade de separação devido à forma como uma parte da equipa atuou durante o mandato. Tivemos algumas desavenças, tanto que houve uma renúncia da presidente, e não chegámos a alguns consensos em termos de trabalho de equipa”, diz.

O objetivo, garante Carlos Santos, é ganhar a Junta e considera que é necessário “olhar para a freguesia de outra forma”.

“Tem de haver espírito de equipa e vontade que se façam as coisas de outra forma. Queremos estar ao lado dos nossos fregueses com uma postura de equipa, ouvindo cada freguês e levando o nosso projeto para a frente. Temos as nossas convicções e sabemos que a nossa freguesia precisa de uma equipa com espírito de trabalho”, acrescenta.

Nas últimas autárquicas em 2017, o PSD venceu as eleições em Santos Evos com 59,96 por cento dos votos.