Geral

08 de 06 de 2021, 10:02

Especiais

Autárquicas: PAN com três nomes em cima da mesa para Viseu

Nomes já foram aprovados em sede nacional. Em 2017, o partido foi o menos votado nas últimas autárquicas em Viseu

PAN bandeira

O PAN ainda não anunciou candidatos nem à Câmara de Viseu, nem à Assembleia Municipal para estas autárquicas. O mesmo acontece em todas as autarquias do distrito.

Para Viseu, o Jornal do Centro sabe que estão em cima da mesa os nomes da atual porta-voz Carolina Almeida, que já se tinha candidatado em 2017, e também os de Beatriz Salafranca, que representou Viseu no congresso do partido realizado no último fim de semana, e de Diogo Chiquelho para liderar a candidatura autárquica.

Em breve, o PAN dará a conhecer os nomes que já foram aprovados em sede nacional.

Nas últimas autárquicas em 2017, o PAN teve Carolina Almeida como candidata à Câmara de Viseu, obtendo 2,18 por cento dos votos. Foi a força política menos votada na capital do distrito.



PAN vai ter juventude partidária. Muita da força para a criação veio de Viseu

Entretanto, o partido Pessoas-Animais-Natureza vai ter uma juventude partidária. A ideia ficou definida no último congresso que decorreu em Tomar no último fim de semana.

Carolina Almeida diz que muita da força para a criação da nova estrutura veio de Viseu através da intervenção de Beatriz Salafranca.

“A nossa delegada fez uma poderosa intervenção. Criticou a lista candidata (liderada por Inês Sousa Real, que foi eleita a nova líder do PAN) por ter fraca representação do interior e dos jovens e defendeu muito a necessidade de criar espaço para os jovens, tendo sido aplaudida por todos”, afirmou.

Nesse sentido, acrescentou Carolina Almeida, foram tomadas “mudanças significativas” no congresso, incluindo a criação de uma juventude partidária, cujos princípios já foram delineados. Além disso, outras mudanças passam por haver uma limitação de mandatos para os dirigentes do PAN.

“Os líderes só poderão cumprir três mandatos consecutivos e a Comissão Política Nacional também vai passar a integrar por inerência um representante de cada comissão distrital. Essa nossa ideia vai ser agora implementada. Além disso, a nova comissão nacional vai integrar um elemento da juventude. É um novo ciclo que começa”, frisou.

A porta-voz do PAN em Viseu disse não ter dúvidas que estas mudanças já aprovadas serão importantes para a estrutura regional do partido, uma vez que “temos uma Comissão Política Distrital muito focada na juventude e o interior vai começar a ser mais valorizado”. “Será um passo muito importante para melhorar a comunicação interna e a democracia dentro do partido”, concluiu.