Geral

31 de 03 de 2021, 18:16

Lifestyle

Aventuras a pé que valem a pena viver na Primavera

A proposta passa por uma pequena aventura no concelho de Vouzela. A viagem começa na Reserva Botância de Cambarinho

Imagem

Todas as épocas são boas para passear, mas esta é particularmente apetecível porque está bom tempo, é primavera e numa altura em que a Páscoa tem de ser diferente, sempre se pode também optar por ter um domingo diferente. Meta-se no carro ou outro transporte, mas depois aproveite para andar a pé.
A proposta passa por uma pequena aventura no concelho de Vouzela. A viagem começa na Reserva Botância de Cambarinho. É aqui que o loendro começa agora a dar cor à paisagem. Vale a pena ver o que esta espécie, única na Península Ibérica, tem para oferecer nos próxinos dois meses em termos de crescimento e floração.
A seguir, vá até à Nossa Senhora do Castelo. A mata resultou de uma iniciativa popular que, em 1908, promoveu a sua reflorestação. Agora com mais de um século, tem exemplares notáveis pertencentes a várias espécies arbóreas e é um local óptimo para uma refeição ao ar livre.
E continuando entre a natureza, do Castelo à mata da Penoita é um saltinho. Embora muito afetada pelos incêndios de 2017, ainda contempla uma extensa zona de folhosas, com inúmeros carvalhos e bétulas, constituindo um ecossistema de elevada importância em termos conservacionistas. Na primavera e verão, a frescura desta mata torna-a um destino ideal para aqueles que pretendem passar um dia em perfeito contacto com a natureza.
E nada melhor que aproveitar também os cursos de água existentes no concelho: o Vouga e o Alfusqueiro.

Mais Notícias

16 de 04 de 2021, 17:14

Batidas e cantares tradicionais em

O espetáculo junta o som, o vídeo e a performance ao vivo. A parte sonora contará com música de Pedro Ribeiro, com batidas irregulares e ritmadas. À música, Carlos Correia juntou a poesia in...

16 de 04 de 2021, 17:04

Hipoglicemia

Se a vítima estiver inconsciente não lhe deve dar nada a beber. Deve, sim, colocar uma papa de açúcar no interior da boca (bochechas)