09 Jul
Viseu

Cultura

Tondela Rocks e Viseu Rock Fest vão ou não acontecer?

por Redação

23 de Maio de 2020, 08:30

Foto Foto D.R.

Schirenc Plays Pungent Stench, uma das bandas confirmadas para atuar no Viseu Rock Fest que acontece a 24 de outubro no Orfeão de Viseu

CLIPS ÁUDIO

Os fãs de música rock e metal que, com certeza, estavam à espera de, mais uma vez, assistir a concertos em eventos como Tondela Rocks e Viseu Rock Fest viram-nos ser cancelados como tantos outros. Agora, a dúvida que paira no ar é se vão ou não realizar-se ainda este ano.

À partida, a oitava edição do Viseu Rock Fest está adiada para outubro e a quinta edição do Tondela Rocks para novembro. Contudo, José Rocha, responsável pela Rocha Produções, organizadora dos eventos, não se encontra numa posição favorável para garantir a realização dos mesmos. “Enquanto não houver vacinas ou pelo menos medicação ninguém sabe o que poderá acontecer. Só talvez daqui a umas semanas ou até meses é que posso garantir se os eventos se vão ou não realizar”, justifica.

O organizador só admite que os festivais possam acontecer se for a cem por cento, tal como nos outros anos. “Os concertos deste género envolvem contacto, as pessoas querem estar em ambiente festivo e juntas e não faz sentido fazer um evento destes com lugares marcados ou restrições”, diz. “Podemos ter as restrições mínimas como ter álcool-gel nos vários locais, mas não é para lugares sentados ou as pessoas estarem separadas umas das outras porque são eventos completamente diferentes de, por exemplo, uma peça de teatro ou cinema”, acrescenta.

Os cartazes de ambos os festivais já se encontravam fechados e tudo confirmado. “Mas, tal como nós [os músicos] compreendem a situação e estão a aguardar por novas instruções”, afirma José Rocha. “No caso do Tondela Rock já tinha pago algumas licenças. Comuniquei com as entidades responsáveis para que num possível adiamento, como foi o caso, poder utilizá-las no próximo ano. Agora, a nível de bandas nenhuma delas tinha sido paga e nesse caso estou tranquilo”, adianta.

A prioridade, agora, é manter os alinhamentos que já estavam alinhados para as próximas edições. Ainda assim, tudo depende, também, do agendamento das respetivas bandas até porque “não sabemos se podem terminar”.

Um dos festivais que é mais marcante no leque de eventos que a Rocha Produções realiza é o Hard Metal Fest, em Mangualde, que acontece, anualmente, em janeiro. A previsão de José Rocha é que, possivelmente, o próximo evento que consiga levar a cabo seja esse. “Não queria ser assim tão pessimista... espero estar enganado, mas tudo para isso aponta infelizmente. E vamos ver se em janeiro já há condições para se fazer o Hard Metal Fest”, atenta. “Se estivermos neste impasse com estamos neste momento, é impossível fazer qualquer um deles... isso posso garantir. Se as coisas mudarem é bom sinal”, remata

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts