09 Ago
Viseu

Desporto

Futsal: Viseu 2001 não quer subidas à Primeira Divisão

por Redação

11 de Maio de 2020, 12:18

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O Viseu 2001 e os outros clubes que militam na Primeira Divisão de futsal não querem que haja subidas nem descidas do campeonato.

Representantes dos 14 clubes, que também incluem o Benfica, o Sporting e o Sporting de Braga, reuniram-se no último domingo (10 de maio), em videoconferência, para discutir o futuro da competição.

Estamos em total desacordo com qualquer alargamento da Liga Placard de Futsal, bem como qualquer alteração do modelo competitivo, com o intuito de salvaguardar o nível de competitividade da prova e manter, assim, o desígnio da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) de tornar, num curto espaço de tempo, a Liga Placard na melhor Liga do Mundo”, pode ler-se no comunicado conjunto, partilhado pelo Viseu 2001 nas redes sociais.

A FPF tinha tomado, em abril, a decisão de cancelar os campeonatos seniores nacionais de futsal da época 2019/2020, incluindo a Primeira e a Segunda Divisão. Face a isto, os clubes da Primeira Divisão defendem que, com o campeonato anulado e não existindo a atribuição de títulos, “não deveriam existir subidas nem descidas”. “Nada nos move contra qualquer clube, nem contra os propósitos e argumentos de cada um para a subida”, acrescentam.

Os emblemas também defendem que as alterações previstas aos quadros competitivos de futsal para a época 2021/2022 se façam em 2020/2021. Caso a FPF tenha a intenção de fazer subidas à Primeira Divisão, os mesmos clubes considerem que tais subidas devem ser conquistadas “em campo e nunca por via administrativa”.

Reiteramos o excelente trabalho que a FPF tem realizado em prol do futsal português, e estamos totalmente ao dispor para que se possam discutir cenários e traçar o melhor rumo para o futsal nacional, querendo ser parceiros ativos no caminho difícil que a Federação Portuguesa de Futebol e os clubes vão ter pela frente”, acrescentam.

Os clubes da Primeira Divisão de futsal asseguram ainda que estão preocupados com a salvaguarda da saúde pública.

O comunicado foi subscrito por 12 dos 14 clubes da Primeira Divisão, sendo que o Belenenses e o Clube Recreativo de Candoso abstiveram-se pelo facto de ocuparem os dois últimos lugares de descida.

O Viseu 2001 ocupava o nono lugar da tabela classificativa do campeonato, com 26 pontos.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts