30 set
Viseu

Desporto

Primeira Liga: presidente do Tondela critica indecisão com os estádios

por Redação

15 de maio de 2020, 18:08

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O presidente do Tondela, Gilberto Coimbra, critica os avanços e recuos sobre a escolha dos estádios onde se vão realizar os jogos que faltam na Primeira Liga e diz que o de Tondela tem condições, depois da vistoria efetuada.

O dirigente, em declarações à Rádio Renascença, diz que o emblema beirão vai “aguardar serenamente” a decisão das autoridades que tutelam o futebol. 

Há alguns clubes que vão jogar não sei onde, outros já têm articulado para ir jogar não sei onde. Penso que há aqui qualquer coisa. Com todo o respeito por toda a gente, não percebi muito bem. Há duas semanas que andamos nisto. Já estavam os estádios entregues, o mais concentrados e o menor número possível, depois vêm contrariar que afinal não eram aqueles estádios. Depois, outros vêm dizer que afinal já vão jogar com certezas absolutas”, afirma.

O presidente do Tondela diz ainda que, caso não seja possível jogar no Estádio João Cardoso, vai pedir que o clube jogue em campos o mais perto possível. “Quantas mais deslocações, mais custos. Temos aqui Coimbra e Aveiro”, refere.

 

Vistoria ao João Cardoso “correu muito bem”

Gilberto Coimbra revela que a vistoria feita ao Estádio João Cardoso, na passada quinta-feira (14 de maio), “correu muito bem” e refere que o clube julga ter todas as condições para receber os jogos em Tondela.

“[A vistoria correu] dentro daquilo que esperávamos. O Tondela acha que tem as condições necessárias exigidas pela Liga e pela Direção-Geral da Saúde. Disseram-nos que iam apresentar um relatório a quem de direito e vamos aguardar, confiantes de que os jogos se vão realizar em Tondela”, afirma, lembrando que a equipa de Natxo González tem cinco jogos por cumprir em casa na Primeira Liga.

Na próxima segunda-feira (dia 18), serão conhecidos quais os estádios que estão em condições de receber os jogos das 10 jornadas que faltam completar no campeonato que tem data marcada para o regresso, ao que tudo indica, para 4 de junho.

A Federação Portuguesa de Futebol e a Liga de Clubes aguardam o relatório da empresa contratada para verificar as condições dos recintos desportivos. Os estádios estão divididos por classificações: do nível 1, classificação máxima, ao nível 3, classificação mínima. O Estádio João Cardoso, do Tondela, está no nível 2.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts