28 fev
Viseu

Desporto

“Vai ser muito difícil chegar ao final da época com tudo certinho"

por Redação

20 de janeiro de 2021, 14:32

Foto D.R.

CLIPS ÁUDIO

Artur Ferreira, presidente do ABC de Nelas, admite que “vai ser muito difícil chegar ao final da época com tudo certinho, como nós costumamos ter”, devido ao impacto financeiro que a pandemia da Covid-19 está a ter nos clubes.

“Naturalmente que os clubes vão ter encargos que não estavam à espera, de custos com os atletas. Temos de ter uma perspetiva de futuro com todos os que estão ligados ao clube, para que levemos a bom porto aquilo que nos comprometemos”, admite.

O presidente do conjunto nelense, que milita na Segunda Divisão Nacional de futsal, assume que “a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), tem que unir esforços com outras federações e fazer ver aos nossos governantes, que o desporto também precisa da ajuda”.

Artur Ferreira lembra que os clubes tinham “a perspetiva de o campeonato terminar, na melhor das hipóteses, em maio”, mas que, neste momento, e tendo em conta as paragens que já houve, “já vamos para meio de julho”. Isto significa um acréscimo de despesas para os clubes, que são forçados a para mais dois meses de salários.

Apesar de pedir ajuda à FPF, Artur Ferreira relembra os apoios dados no final da temporada passada aos clubes profissionais e pede para que não aconteça novamente a história dos “filhos e enteados”.

“Estranho que, já no ano passado, a Segunda Liga tenha tido apoios a fundo perdido para os seus clubes, enquanto o desporto amador, tinha de recorrer a um empréstimo para obter esse apoio. Esse empréstimo tem de ser pago”, recorda.

O presidente da equipa de Nelas explica que “quem recorreu dele, tem de pagar até maio deste ano” e, tendo em conta as perdas de receitas dos clubes, “muitos nem têm dinheiro para fazer face às despesas mensais que têm tido, quanto mais para fazer essa devolução de dinheiro à FPF”.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts