03 dez
Viseu

Região

Covid-19: casos "pontuais" no Politécnico de Viseu, sindicato exige informação

por Redação

20 de novembro de 2020, 16:10

Foto D.R.

CLIPS ÁUDIO

O Sindicato Nacional do Ensino Superior (SNES) exige ao Instituto Politécnico de Viseu (IPV) que divulgue os casos de contágio por Covid-19 naquela instituição.

Os sindicalistas sabem que o novo coronavírus também afeta o ensino superior em Viseu, embora não sejam conhecidos os números.

Em declarações ao Jornal do Centro, o presidente do SNES, Gonçalo Velho, diz que a estrutura sindical tem conhecimento de alguns casos de infeção, “muito pontuais e produzidos fora do contexto letivo e de investigação”.

Apesar de considerar que Viseu não constitui para já “uma situação de alarme”, o sindicalista diz que o IPV deve comunicar os casos de infeção que surgem dentro da instituição e das suas escolas superiores, até para tentar tranquilizar a comunidade académica e a região.

“Para fazer a gestão da ansiedade da comunidade académica e em geral, o Politécnico de Viseu deve divulgar os dados do que acontece, fazendo transparência. Existem casos pontuais e basta indicar o seu número e qual é o contexto em que aconteceram, porque estamos certos de que, estando mais informada, a comunidade poderá certamente ficar mais consciente da situação”, explica.

Gonçalo Velho diz que o facto de as instituições de ensino superior ocultarem informação sobre os casos de Covid-19 “não diminui a ansiedade, pelo contrário”. Por isso, defende a criação de uma plataforma para reportar e monitorizar casos de infeção pelo novo coronavírus no ensino superior.

O Jornal do Centro tentou, junto do IPV, saber quantos casos de Covid 19 são conhecidos na instituição, mas sem sucesso.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts