08 Jul
Viseu

Região

Politécnico de Viseu alarga cooperação internacional ao Brasil, Kosovo e Bósnia e Herzegovina

por Redação

08 de Junho de 2020, 17:26

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O Instituto Politécnico de Viseu (IPV) viu aprovada a candidatura ao Programa Erasmus+, que vai permitir o alargamento da mobilidade de alunos, professores e não-docentes para países como o Brasil, Kosovo e Bósnia e Herzegovina.

Segundo o IPV, a candidatura “foi avaliada de acordo com indicadores que evidenciem a sua contribuição para a criação de um espaço de ensino superior europeu virado para o mundo”.

“A este projeto junta-se o aprovado no ano letivo anterior que abrange a Albânia, Arménia e Montenegro”, acrescenta a instituição de ensino superior.

O novo projeto tem um orçamento avaliado em mais de 98 mil euros e vai mobilizar 37 elementos da comunidade educativa do IPV nos anos letivos de 2020/2021 e 2021/2022.

Ao todo, o IPV prevê que, ao abrigo deste novo programa, seis estudantes, 11 docentes em missões de ensino e seis docentes e não docentes em formação estejam a fazer intercâmbio.

Brevemente, o programa irá conduzir mais 11 professores em missões de ensino e três docentes ou não docentes em formação para Brasil, Bósnia e Kosovo.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts