25 jan
Viseu

Região

Covid-19: Dias, semanas, meses. A luta contra a doença (fotogaleria)

por Redação

28 de novembro de 2020, 18:30

Foto Igor Ferreira

No Hospital de Viseu, o dia a dia dos doentes e dos profissionais de saúde. A história contada por vários protagonistas

CLIPS ÁUDIO

No final, nem todos podem sorrir. Nem todos podem ter a emoção de voltar a ver televisão, a respirar sem a ajuda de máquinas. A olhar nos olhos de quem durante semanas cuidou. Mas há quem consiga e nessa altura não há palavras nem imagens que descrevam o que um doente covid-19 sente quando sabe que passou uma etapa. Uma de muitas desde que teve a notícia que estava infetado com o novo coronavírus.

Muitos não conseguem, mas todos sabem que a partir do momento em que entram pelas portas do Hospital de Viseu, onde antes era o Hospital de Dia Ginecológico, há toda uma equipa dedicada a tratar, a aliviar, a mimar. Desde março que centenas de profissionais de saúde vivem o seu dia a dia a amenizar o sofrimento. E não, nem sempre fica tudo bem. E se há algo que estes profissionais mais desejam é que ninguém tivesse que passar por estas portas. Por isso, o melhor é mesmo não correr riscos. Quem passou e quem vê sabe o sofrimento que é. O olhar que se esvazia, o ter de dizer a alguém que agora vai ter de dormir, as manobras para de x em x horas ir virar quem tem necessariamente de ficar de barriga para baixo (posicionamento Prone) ou as lesões que daí advém. E não é só os mais velhos. Também há novos. Esta fotoreportagem mostra o dia a dia de quem está doente, de quem está a lutar para sobreviver, de alguns que já o conseguiram e de todos aqueles que se despojaram da sua vida para durante dias, semanas, meses cuidarem de quem precisa. Aqueles que nos fatos escrevem o nome para se reconhecerem ou da equipa que se antes passava despercebida, hoje tem outro significado – Comissão de Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos.

Esta é a história contada por vários protagonistas e que vai desde as regras que existem no espaço apelidado como “covidário”, passando pelos Cuidados Intensivos e pelo internamento, aos tratamentos que são aplicados aos doentes, sem esquecer a dedicação de médicos, enfermeiros e assistentes.

Várias realidades e fases de um doente covid para dizer que até pode ficar tudo bem, mas antes de entrar na porta, a responsabilidade está em cada um de nós.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts