29 out
Viseu

Lamego

Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios são uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular

por Redação

06 de setembro de 2020, 08:57

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

As Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios, de Lamego, consideradas a maior romaria de Portugal sagraram-se ontem como uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular, num concurso que premiou ainda outras tradições e eventos de outros cantos do país. 

“Conseguimos”, escreve nas redes sociais o município de Lamego, o promotor da candidatura do evento festivo e religioso. 

“Muitos Parabéns! As Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios são uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular! Agradecemos a todos os portugueses o seu voto ao longo desta candidatura”, refere ainda a autarquia. 

As Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios são uma romaria de características únicas em Portugal, sendo o momento mais alto desta celebração a Majestosa Procissão de Triunfo, realizada a 8 de setembro, durante a qual os andores ostentam imagens sagradas puxadas por juntas de bois, como manda a tradição. Nesta altura, as ruas ficam ricamente ornamentadas oferecendo aos lamecenses e aos visitantes uma programação de excelência onde se misturam, em perfeita sintonia, os rituais profanos e as celebrações religiosas.

Para além desta romaria em Lamego, foram também vencedores do concurso das 7 Maravilhas da Cultura Popular a Romaria de São João D'Arga, em Caminha, distrito de Viana do Castelo, o Bailinho da Madeira, na Região Autónoma da Madeira, o Criptojudaísmo de Belmonte, distrito de Castelo Branco.

As outras candidaturas vencedoras foram Os Santeiros de São Mamede do Coronado, na Trofa, distrito do Porto, a Romaria de S. Bartolomeu, em Ponte da Barca, distrito de Viana do Castelo, e o Colete Encarnado, em Vila Franca de Xira, distrito de Lisboa.

A cerimónia da final do concurso 7 Maravilhas da Cultura Popular foi transmitida pela televisão pública RTP, tendo estado em competição 14 candidaturas, das quais sete inseridas na categoria de Festas e Feiras, que foram eleitas pelo público através de votação por telefone.

O concurso dispunha de sete categorias, designadamente Artesanato, Lendas e Mitos, Festas e Feiras, Músicas e Danças, Rituais e Costumes, Procissões e Romarias, e Artefactos.

Além dos vencedores, tinham sido apuradas para a final outras sete candidaturas, designadamente a Arte da Seda de Freixo de Espada à Cinta (Freixo de Espada à Cinta, Bragança), a Feira de S. Tiago (Covilhã, Castelo Branco), a Festa da Benção do Gado (Riachos, Santarém), a Festa da Espiga (Salir, Faro), a Festa de São João de Braga (Braga), os Muros de Pedra Seca (Porto de Mós, Leiria) e Santo António, Festas de Lisboa (Lisboa).

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts