03 dez
Viseu

Saúde

“Não vai haver falta de vacinas da gripe”, garante diretor do ACES Dão Lafões

por Redação

28 de outubro de 2020, 14:23

Foto D.R.

CLIPS ÁUDIO

O presidente do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Dão Lafões, António Cabrita Grade, garante que não há falta de vacinas da gripe nos centros de saúde e explica que “está tudo a ser programado de forma gradual”.

“As vacinas têm de ser dadas de forma programada e os fornecimentos estão a ser efetivados dessa mesma forma. Não é na primeira semana que se tenta vacinar toda a população”, diz, acrescentando que a campanha de vacinação se vai prolongar durante algumas semanas, garantindo que tudo o que seja atividade programada será feito.

Já em relação às farmácias, “é um assunto que não tem a ver connosco”.

O ACES sugere que os utentes contactem a sua unidade de saúde familiar por telefone ou e-mail para procederem ao agendamento da sua vacinação.

A primeira fase da vacinação arrancou no dia 28 de setembro, com prioridade para os idosos nos lares, profissionais de saúde e grávidas. 

Na segunda fase de vacinação, que começou a 19 de outubro, estão abrangidas todas as pessoas com 65 e mais anos e todos aqueles que com mais de seis meses de idade têm doenças crónicas que dão acesso à vacina gratuita. 

Para a região Dão Lafões, estão previstas mais de 50 mil doses de vacina contra a gripe disponíveis.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts