28 Set
Viseu

Viseu

Câmara de Viseu entregou candidatura para área empresarial de Lordosa

por Redação

06 de Agosto de 2020, 17:44

Foto Igor Ferreira

CLIPS ÁUDIO

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, anunciou esta quinta-feira (6 de agosto) que já foi entregue a candidatura a fundos comunitários para a construção da área de acolhimento empresarial de Lordosa, no valor de 12,2 milhões de euros.

“Formalizámos esta semana a entrega, no PO (Programa Operacional) Centro, da candidatura da área de acolhimento empresarial de Lordosa. É um projeto do qual me lembro de ouvir falar há 30 anos”, disse Almeida Henriques aos jornalistas, no final da reunião de Câmara.

O autarca explicou que foi entre o mandato anterior e o atual que foi desenvolvido todo o projeto, que prevê cerca de 40 hectares numa primeira fase, “mas deixa reservado à volta daquele espaço” terreno para poder crescer até mil hectares.

“É uma candidatura estruturante, que posiciona um dos dois eixos que temos vindo a privilegiar”, frisou.

Almeida Henriques lembrou que a autarquia tem vindo a privilegiar o eixo da Estrada Nacional 229, “até para poder recuperar algumas daquelas freguesias de baixa densidade”, e o eixo da Estrada Nacional 2, onde se situará a área de acolhimento empresarial de Lordosa.

Segundo o autarca, a candidatura prevê “uma componente muito forte do ponto de vista ecológico e outra muito forte para a área da logística”, tirando partido da proximidade do aeródromo de Viseu.

“Para além disso, temos a expectativa da ferrovia”, com a ligação Cacia – Vilar Formoso, que terá passagem por Viseu, com o corredor definido exatamente ao lado desta área empresarial, acrescentou.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts