21 jan
Viseu

V.N. Paiva

Vila Nova de Paiva recebe investimento de 49 milhões de euros para centrais solares

por Redação

12 de janeiro de 2021, 16:54

Foto D.R.

CLIPS ÁUDIO

A localidade de Touro, no concelho de Vila Nova de Paiva (Viseu), vai ter duas centrais solares num investimento de 49 milhões de euros.

O projeto vai avançar pelas mãos do fundo britânico Glennmont Partners, que já tem centrais fotovoltaicas no Sul do país, nomeadamente no Alentejo. As centrais em Touro deverão começar a funcionar daqui a um ano.

Segundo refere a imprensa económica, o investimento passa pela construção das centrais e também das linhas e estações elétricas associadas. Ao todo, as centrais terão uma capacidade total instalada de 84 megavolt-ampere (MVA), com vida útil de 30 anos.

A Glennmont Partners detém explorações de biomassa no Reino Unido e na Irlanda, de energia eólica marítima na Alemanha e de energia eólica terrestre em França, Finlândia e Itália, entre outros países.

Vila Nova de Paiva tem sido crescentemente um centro produtor de energias renováveis, onde, segundo referiu em 2020 o autarca José Morgado em entrevista ao Jornal do Centro, só a Serra da Nave conta com três parques eólicos instalados. 

“Se a coisa correr com naturalidade – os estudos estão a ocorrer e os contratos vão ser celebrados –, Vila Nova de Paiva pode ser o maior centro produtor de energia renovável, não só no eólico, onde já somos fortes, mas também em sistemas híbridos, aproveitando as infraestruturas da rede aérea e subterrânea, alargando esses parques e construindo ali zonas fotovoltaicas. As empresas estão a lançar-se para o investimento no renovável e também com novos projetos no fotovoltaico”, explicou o presidente da Câmara na altura.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts