04 Jun
Viseu

Região

Coronavírus: Câmara de Lamego cria bolsa de voluntariado

por Redação

30 de Março de 2020, 13:26

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

A Câmara de Lamego criou uma bolsa de voluntariado aberta a todos os munícipes que estejam disponíveis para ajudar os outros durante a pandemia da Covid-19 e que tem como principais pressupostos a solidariedade e a cidadania.

"Após a recolha de candidaturas e a avaliação do perfil do candidato a voluntariado, a autarquia, enquanto entidade coordenadora, encaminhará os cidadãos para as instituições e entidades, públicas e privadas", explica. Estas instituições e entidades, "que atuam sobretudo nas áreas da saúde e do setor social", terão que indicar as suas necessidades e manifestar o interesse em acolher os voluntários, "de acordo com as suas características e competências", acrescenta.

A iniciativa será dinamizada por uma plataforma digital (lamegoajuda.cm-lamego.pt). A bolsa de voluntariado integra o “Lamego Ajuda”, um programa especial de auxílio e proteção às pessoas mais vulneráveis, em particular a população idosa, devido à atual ameaça à saúde pública.

Segundo a autarquia, até hoje, mais de duas dezenas de famílias do concelho já pediram ajuda a este programa. "Requerem a entrega de medicação e bens alimentares de primeira necessidade em suas casas, mas também apoio psicossocial à distância, através da linha de atendimento assegurada por uma técnica especializada que faz o despiste das principais necessidades", explica.

A autarquia acrescenta que, nos últimos dias, a população idosa "é a franja populacional que mais tem procurado este programa especial de proteção, mas também há registo de munícipes em situação de isolamento social e sem retaguarda familiar".

O programa "Lamego Ajuda" não substitui o trabalho desenvolvido por outras equipas multidisciplinares a operar no concelho, nem o apoio social concedido pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social, esclarece.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts