09 mar
Viseu

Região

Covid-19: Resende é o único concelho em risco extremo

por Redação

22 de fevereiro de 2021, 19:35

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

.

A região de Viseu tem apenas um concelho em risco extremo por causa da Covid-19, segundo os dados que são disponibilizados às segundas-feiras pelas autoridades de saúde e autarquias.

Há uma semana, eram sete. Agora, apenas Resende tem uma taxa de incidência de contágio de mais de 960 casos por 100 mil habitantes.

As maiores descidas no número de casos verificaram-se em Viseu, São João da Pesqueira, São Pedro do Sul, Sernancelhe, Sátão e Moimenta da Beira.

De uma semana para a outra, ou seja entre os dias 15 e 21 de fevereiro, o número de casos (cerca de 400) foi quase de metade relativamente aos que tinha sido reportados (mais de 700) na semana anterior (de 8 a 15).

O “alívio” no número de novos casos ainda não se fez sentir de igual modo no número de mortes associadas à doença. Os dados semanais dão conta de mais 44 óbitos. Já os internamentos no Hospital continuam a diminuir.

Números que surgem numa altura em que a semana começa com a operação de vacinação em mais municípios da região de Viseu e numa altura em que foi anunciada a primeira toma da dose para as forças de segurança. Esta terça-feira (23 de fevereiro), é a vez dos “prioritários” da PSP de Viseu serem vacinados contra a Covid-19.

 

15 concelhos em risco extremo, segundo a DGS

A nível nacional, de destacar que Portugal apenas tem 15 municípios em risco extremo de contágio, incluindo Resende e Sernancelhe.

Portugal registou esta segunda-feira (22 de fevereiro) 61 mortes relacionadas com a Covid-19 e 549 novos casos de infeção com o novo coronavírus, o número mais baixo desde 6 de outubro, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico da DGS revela também que estão internados 3.322 doentes (mais seis do que no domingo, dia 21), dos quais 627 em cuidados intensivos, menos 11. A 6 de outubro foram reportados 427 casos.

Os novos casos de infeção nas últimas 24 horas representam metade dos novos casos reportados no domingo. Por norma, as segundas-feiras registam valores mais baixos.

Já no que respeita ao número de mortos, desde 10 de novembro, dia em que morreram 62 pessoas com Covid-19, que Portugal não registava valores tão baixos.

Quanto aos internamentos, o valor está próximo dos registados no dia 7 de janeiro, quando os dados indicavam 3.333 pessoas internadas com Covid-19.

Para mais informações, pode consultar o site covid.jcentro.pt.
 

.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts