17 jan
Viseu

Região

Covid-19: sobe para 74 o número de infetados em lar da Lapa do Lobo (Nelas)

por Redação

04 de dezembro de 2020, 12:58

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

São já 22 funcionários e 52 utentes que testaram positivo à Covid-19 no lar da Fundação Lopes da Fonseca na Lapa do Lobo, concelho de Nelas. Durante a tarde desta sexta-feira (4 de dezembro), uma equipa especializada dos Bombeiros Voluntários vai dar início à desinfeção das instalações.

O surto foi conhecido depois de duas das funcionárias terem acusado positivo na sequência dos testes que a instituição manda realizar no início do turno de trabalho de sete dias. A Fundação tem 39 funcionários e 80 utentes.

Já na quinta-feira (dia 3), a diretora técnica, Cláudia Gomes, explicou que a maioria dos doentes, entre eles uma idosa de 106 anos, estava assintomática e que os utentes foram, de imediato, separados em instalações completamente diversas.

Entretanto, a Câmara de Nelas emitiu um comunicado onde esclareceu que as refeições e os serviços de lavandaria passaram a ser assegurados "por empresas exteriores ao lar, minimizando qualquer efeito de contágio interno ou externo e libertando recursos humanos para apoio aos utentes, especialmente neste período de grande dificuldade".

"Os serviços de apoio médico e de enfermagem foram já reforçados no sentido de garantirem os melhores cuidados de saúde, sendo que todas as instituições ligadas à área da saúde, locais e regionais, se encontram mobilizadas para esta situação", assegura.

O presidente da autarquia, Borges da Silva, explicou ainda que o controle desta situação "vai fazer-se exclusivamente no interior das instalações da Fundação Lopes da Fonseca, amplas e adequadas para o efeito, com o apoio eventual de unidades hospitalares, caso haja necessidade," e que, por agora, não é necessário usar a Zona de Concentração de Apoio à População Covid-19, que tem 50 camas e está instalada na sede da Associação de Santo António.

 

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts