23 out
Viseu

Região

Ensino: dez escolas da região de Viseu "estão" com Covid-19

por Redação

14 de outubro de 2020, 10:41

Foto Igor Ferreira

CLIPS ÁUDIO

Dez escolas e agrupamentos da região de Viseu têm casos de Covid-19 de acordo com os últimos dados da Federação Nacional dos Professores (Fenprof).

A lista foi atualizada na última terça-feira (13 de outubro) pela central sindical, abrangendo escolas com casos positivos entre alunos, docentes e funcionários.

Em Viseu, foram registados casos positivos na Escola Secundária de Viriato (pelo menos um aluno), na Escola Básica Infante D. Henrique, na Escola Profissional Mariana Seixas (mais um aluno, de acordo com a direção) e no Centro de Apoio a Deficientes de Santo Estêvão.

Também segundo a Fenprof, foram detetados infetados no Agrupamento de Escolas de Aguiar da Beira (pelo menos três casos), na Escola EB 2,3 de Cinfães (onde no início da semana estavam quatro turmas suspensas), na Escola EB 2,3/S de Oliveira de Frades, e na Escola EB 2,3 de Penedono.

Em Vila Nova de Paiva, foram confirmados casos no Agrupamento de Escolas e no Jardim de Infância de Vila Cova à Coelheira (alunos e educadoras de infância).

Comparativamente aos dados que tinham sido divulgados na última sexta-feira (dia 9),  há mais dois estabelecimentos de ensino da região na lista das escolas com casos confirmados do novo coronavírus.

A nível nacional, a Fenprof colocou 202 estabelecimentos de ensino na “lista negra” das escolas com casos de Covid-19. O documento está disponível no site da federação sindical, que promete que irá atualizá-lo “sempre que sejam reportados e confirmados novos casos”.

A Fenprof defende que, em caso de detetados os casos em cada escola, devem ser imediatamente testados todos os alunos da turma, professores e contactos próximos dos infetados, “de forma a identificar eventuais outros casos de infeção, protegendo, dessa forma, toda a comunidade escolar e garantindo que a escola poderá manter-se aberta”.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts