25 Set
Viseu

Região

Há pelo menos três padres infetados com Covid-19 na Diocese de Viseu

por Redação

12 de Agosto de 2020, 18:49

Foto Igor Ferreira

CLIPS ÁUDIO

São pelo menos três os casos de padres infetados com Covid-19 na Diocese de Viseu e que estiveram num retiro em Vila Nova de Gaia.

Durante a manhã desta quarta-feira foi conhecido o teste positivo ao pároco de Santiago de Cassurrães (Mangualde), já durante a tarde soube-se que também o padre de Lamas de Ferreira de Aves estava infetado. Ao que o Jornal do Centro conseguiu apurar, neste retiro esteve ainda um sacerdote de Viseu que também está em quarentena.

Os padres regressaram do retiro a 31 de julho e começaram a ser contactados no final da última semana para fazerem os testes. O retiro foi participado por cerca de 15 sacerdotes maioritariamente do norte do país.

Ao Jornal do Centro, o padre de Lamas, Nuno Amador, de 85 anos, contou que começou a “ter uma tosse seca”, mas foi só depois de ter sido avisado de que um outro padre estaria infetado que fez o teste. Admite que não sabe se infetou mais alguém ou não, até porque celebrou missa e um batizado. O sacerdote está de quarentena. Em Santiago de Cassurrães, também o padre Celestino Ferreira está de “penitência” em casa, como o próprio afirmou. Esteve igualmente no retiro, mas diz que o único sintoma que teve foi “falta de apetite”. O também diretor do Lar de Santiago de Cassurrães, instituição onde no pico da pandemia morreram 10 pessoas, também disse que enquanto não foi contactado celebrou missa. “Pelo lar passei pouco”, sustentou.

 

Autarca faz apelo

O presidente da União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, Rui Valério, apelou, entretanto, às pessoas que contactaram com o padre infetado com o novo coronavírus e tenham sintomas para ligarem para as autoridades sanitárias. O pároco testou esta quarta-feira positivo à Covid-19.

“O que sabemos é que o senhor padre deu positivo e está a ser monitorizado pela Direção-Geral de Saúde. A delegada de saúde pública está em campo para saber quais foram as pessoas que estiveram em contacto direto com ele. Neste momento, o importante é que quem esteve em contacto com o senhor padre deve avaliar sinais/sintomas e não hesitar em ligar à Saude 24”, apelou o autarca.

Santiago de Cassurrães já foi uma das localidades do distrito com mais casos e mortes por Covid-19. O presidente da Junta de Freguesia não esconde o receio de que o cenário se repita e apela à calma.

“Há, claro, o receio que possa voltar a mesma situação que houve há alguns meses, mas as pessoas têm de ter calma, acredito que as coisas vão correr bem”, disse Rui Valério.

Os utentes do lar vão agora ser mais uma vez testados à Covid-19.

Até ao momento, ainda não houve qualquer esclarecimento por parte das autoridades de saúde.

 

 

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts