01 nov
Viseu

Região

Lamego: Homicida de Lalim sem rasto há 15 dias

por Redação

28 de agosto de 2020, 16:53

Foto Igor Ferreira

CLIPS ÁUDIO

Continua a monte o homem suspeito de ter assassinado, há 15 dias, a ex-mulher, em Lalim, no concelho de Lamego.

A caça ao homem, montada pela Polícia Judiciária, ainda não surtiu efeitos. As autoridades não descartam a hipótese de o homem se ter suicidado, ou que esteja a ser ajudado por terceiros.

Uma fuga para o estrangeiro também não é descartada. Segundo o Correio da Manhã desta sexta-feira (28 de agosto), terá mesmo sido lançado um alerta europeu.

“Vários países foram avisados de que, caso o localizem, devem avisar mediatamente a PJ. A vigilância tem de ser discreta para evitar que fuja novamente”, escreve o Correio da Manhã.

O crime aconteceu por volta das 8h30 da manhã do dia 14 de agosto, quando o homem disparou oito tiros contra a ex-mulher de 56 anos e uma amiga enquanto estas estavam a caminho do local de trabalho, uma fábrica de fumeiros.

O casal estava separado há um ano e tinha dois filhos, já adultos. Divorciado legalmente há poucos meses, a vítima tinha consigo um botão de pânico; enquanto que o agressor, Henrique Carvalho, de 63 anos, era controlado por pulseira eletrónica. Fontes policiais dão conta de que já teria sido condenado a oito meses de prisão, com pena suspensa, pelo crime de violência doméstica.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts