01 nov
Viseu

Região

Nelas: População luta contra fecho do balcão Santander em Canas de Senhorim

por Redação

09 de setembro de 2020, 11:57

Foto D.R.

CLIPS ÁUDIO

O anúncio do fecho da agência do Banco Santander em Canas de Senhorim, no concelho de Nelas, fez soar os alarmes na freguesia, o que obrigou a Junta de Freguesia e a Câmara de Nelas a iniciarem conversações para evitar o encerramento do balcão.

O presidente da Junta de Freguesia de Canas de Senhorim admite que seria uma "injustiça" fechar o Santander numa freguesia com cinco mil habitantes.

"Já se torna cíclico. De quatro em quatro anos acontece qualquer coisa em Canas. Ou são os correios, ou é a GNR ou o banco [que ameaçam fechar]. Andamos em constante sobressalto. Neste momento, a Junta e a Câmara já reuniram com a Administração do Santander, onde expusemos as nossas razões. O balcão está há décadas em Canas e eles já têm obrigações para com as pessoas de cá. O banco faz falta e tem viabilidade económica. Continuamos em conversações", garante Luís Pinheiro.

O autarca acredita no bom senso da administração do banco e que a agência vai permanecer aberta.

"Esperamos chegar a um bom porto porque esta é uma questão que o Santander está a ponderar. O silêncio, agora, é importante pelas negociações. Não há razões para a agência fechar. As pessoas precisam do banco. Estamos cá para defender isso. O bom senso vai imperar, é o que espero", conclui o presidente da Junta de Freguesia de Canas de Senhorim.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts