04 dez
Viseu

Região

Nelas: vereadores de oposição discordam de novo empréstimo e abandonam reunião da Câmara

por Redação

30 de outubro de 2020, 18:51

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

Os vereadores da oposição na Câmara de Nelas abandonaram a última reunião do executivo por não concordarem com uma proposta de empréstimo bancário, no valor de 800 mil euros, apresentada pelo presidente Borges da Silva.

A Câmara fala de um empréstimo que servirá para fazer investimentos no concelho, mas os vereadores do PSD e do CDS consideram que Borges da Silva está a querer endividar ainda mais a autarquia.

O vereador do CDS de Nelas, Manuel Marques, acusa o presidente da Câmara, de estar a forçar a votação de um empréstimo que já foi chumbado. 

O centrista acredita, ainda, que o contrato bancário que Borges da Silva apresentou na reunião foi feito “de forma ilegal”.

Também o vereador do PSD, Joaquim Amaral, critica a decisão do autarca de Nelas. O vereador refere que Borges da Silva tem dificuldades “em lidar com a verdade dos factos”.

O opositor social-democrata afirma que a reunião não chegou a ser realizada em pleno porque faltou um vereador e dois outros elementos abandonaram a sessão.

“A reunião ficou com quatro dos sete elementos, que representavam pouco menos de 70 por cento. Sugeri que, tendo em conta a relevância da ordem de trabalhos, em particular os empréstimos, a reunião fosse suspensa e retomada posteriormente. Razão essa que não foi acatada pelo presidente da Câmara, que resolveu marcar reunião”, critica Joaquim Amaral.

O Jornal do Centro tentou, sem sucesso, ouvir Borges da Silva.

 

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts