28 Set
Viseu

Região

'A Romaria de Portugal' é candidata às 7 Maravilhas da Cultura Popular

por Redação

16 de Maio de 2020, 08:30

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O Jornal do Centro está  a fazer o percurso pelas 39 candidaturas do distrito de Viseu ao concurso '7 Maravilhas da Cultura Popular'. Esta é uma iniciativa que é promovida pela Fundação INATEL e que tem apoio da RTP. Pretende-se, no fundo, destacar o património cultural português. A organização dividiu o concurso em sete categorias: artesanato, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias e artefactos. No caso da Senhora dos Remédios, entra na categoria de Procissões e Romarias.

A padroeira da cidade de Lamego começou a ser celebrada com a "benção" de outro santo. Estávamos em 1361 quando D. Durão, bispo de Lamego na época, instituiu o culto a Santo Estêvão. O sítio onde hoje está o Santuário da Senhora dos Remédios, tem ainda nos nossos dias o nome daquele santo. Nessa fase, o Cabido da Sé, os Raçoeiros de Almacave e os Frades do Convento de S. Francisco iam ali em procissão duas vezes ao ano: uma em Maio, no dia da Santa Cruz e outra a 3 de Agosto, o dia de Santo Estêvão.

.

O Santuário começou entretanto a ameaçar ruir e D. Manuel Noronha, bispo da Diocese de Lamego na altura, decidiu demolir a antiga capela dedicada a Santo Estêvão. É aqui que a Senhora dos Remédios começa a ganhar maior devoção. Frei Agostinho de Santa Maria que editou a obra “Santuário Mariano …” escreveu, em 1711, que: “a Senhora com as suas maravilhas e grandes milagres, fez que já hoje se não nomeie aquela casa com o título de Protomártir Estevão, senão pela casa da Senhora dos Remédios”. As romagens em honra de Santo Estêvão ainda se mantiveram até aos anos 40 e 50 do século XVII. A 14 de Fevereiro de 1750 é lançada a primeira pedra para a edificação do Santuário de N. S. dos Remédios. Onze anos depois concluem-se as obras na capela e, a partir daqui, a romaria começa a ganhar a forma que conhecemos hoje.

.

Festa dos Remédios com vários pontos de interesse

Para se assinalar com mais visibilidade esta romaria, acontece a Procissão de Triunfo. Este momento alto das festas de Lamego começou no século XIX. Há um detalhe que distingue esta procissão das demais: os andores são transportados por juntas de bois. O andor da padroeira é ladeado por muitas crianças durante esta procissão. A vertente religiosa preenche boa parte do cartaz, mas há atrações várias. Por exemplo, a Batalha das Flores. Este evento consiste no desfile de carros alegóricos. Também no cartaz das festas de Nossa Senhora dos Remédios é incluída a Marcha Luminosa. Sabe-se que este momento foi inspirado nas Marchas Milanesas e também inclui carros alegóricos.

.

A organização dividiu o concurso em sete categorias: artesanato, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias e artefactos. Lamego concorre com uma maravilha: Festa Senhora dos Remédios (Procissões e Romarias).

Maravilhas da Cultura Popular do distrito de Viseu:

Total: 39

Concelhos envolvidos: 15

Concelho de Lamego:

  • Festa Senhora dos Remédios;

Concello de S. João da Pesqueira:

  • Romaria a S. Salvador do Mundo;

Concelho de Resende:

  • Aqui (também) nasceu Portugal

  • Chula de Paus

  • Festival da Cereja

  • Quadrilha de Cárquere

  • Quarto domingo de Cárquere

Concelho de Moimenta da Beira:

  • Capuchas de Burel;

  • Caturnos (meias de lã de Alvite)

  • Penedo da Fonte Santa

  • S. Torcato (Cabaços)

Concelho de Sernancelhe:

  • Lenda de N. Sra da Lapa;

  • Tradição da Passagem na Quelha da Senhora da Lapa;

  • Procissão das Cruzes da Lapa;

Concelho de Tabuaço:

  • Cisma da Granja do Tedo;

  • Via Sacra da Granja do Tedo;

  • Rijomax;

  • S. João de Tabuaço;

Concelho de Castro Daire:

  • A última rota da transumância;

Concelho de Sátão:

  • Sinos de N. Sra da Esperança;

  • Romaria em honra de N. Sr. Dos Caminhos;

  • Procissão de velas em Honra de N. Sra. Da Esperança:

Concelho de S. Pedro do Sul:

  • Touce (Artefacto de bater a manteiga)

  • Canto a 3 vozes de Manhouce;

  • Ciclo do Pão de Milho de Manhouce;

  • O traje feminino de festa de Manhouce;

Concelho de Carregal do Sal:

  • Carnaval de Cabanas de Viriato;

  • Dança dos Cus;

Concelho de Nelas:

  • Carnaval de Canas de Senhorim;

Concelho de Mangualde:

  • Romaria à Senhora do Castelo;

  • Bordados de Tibaldinho;

  • Feira dos Santos;

Concelho de Santa Comba Dão:

  • Bonecas de Pano;

Concelho de Tondela:

  • Louça Preta de Molelos;

  • Festa das Cruzes;

Concelho de Viseu:

  • Cavalhadas de Vildemoinhos;

  • Dança da Morgadinha;

  • Telha de Teivas;

  • Feira de S. Mateus;

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts