06 Ago
Viseu

Região

Viseu é o concelho que ganha mais na região. Resende e Cinfães têm os rendimentos mais baixos

por Redação

30 de Julho de 2020, 12:30

Foto Igor Ferreira

Veja aqui a tabela completa do INE sobre quem tem mais e menos rendimentos

CLIPS ÁUDIO

Apenas o concelho de Viseu supera o valor médio nacional do rendimento declarado e deduzido do IRS em 2018. De resto, todos os restantes concelhos da região têm valores inferiores à média do país.

Esta conclusão pode ser retirada do estudo divulgado na quarta-feira (29 de julho) pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que aponta para um rendimento médio de 9.354 euros por sujeito passivo em Viseu. A média nacional foi de 9.067 euros.

Viseu faz parte dos municípios que registaram valores medianos do rendimento superiores à referência nacional durante o ano de 2018. Oeiras tem o valor mais elevado do país com 13.527 euros.

Resende e Cinfães estão entre os concelhos do país com os mais baixos rendimentos por agregado. Estes dois concelhos, que integram o norte do distrito de Viseu e a região do Tâmega e Sousa, registaram valores de 8.324 e 8.539 euros, respetivamente. A acompanhá-los, está Santa Maria de Penaguião com 8.457 euros.

Nas comunidades intermunicipais do distrito, a Região de Coimbra – na qual pertence Mortágua – tem o valor mais elevado do rendimento por sujeito passivo, na ordem dos 9.231 euros. A região Viseu Dão Lafões registou o valor de 8.490 euros, enquanto o Douro teve 7.644 euros e o Tâmega e Sousa obteve 7.410 euros.

 

A lista dos concelhos e comunidades intermunicipais da região de Viseu por rendimento bruto declarado mediano deduzido do IRS liquidado por sujeito passivo

Viseu – 9.354 euros

Região de Coimbra – 9.231 euros

Oliveira de Frades – 8.494 euros

Nelas – 8.492 euros

Região Viseu Dão Lafões – 8.490 euros

Tondela – 8.470 euros

Mangualde – 8.421 euros

Santa Comba Dão – 8.365 euros

Carregal do Sal – 8.236 euros

Vouzela – 8.147 euros

Mortágua – 8.120 euros

Lamego – 7.900 euros

São Pedro do Sul – 7.775 euros

Região do Douro – 7.644 euros

Sátão – 7.540 euros

Região do Tâmega e Sousa – 7.410 euros

Moimenta da Beira – 7.377 euros

Penalva do Castelo – 7.333 euros

Vila Nova de Paiva – 7.304 euros

Tarouca – 7.219 euros

Aguiar da Beira – 7.174 euros

Sernancelhe – 6.838 euros

Armamar – 6.698 euros

Castro Daire – 6.545 euros

Tabuaço – 6.437 euros

São João da Pesqueira – 6.353 euros

Cinfães – 6.023 euros

Resende – 5.730 euros

Sem dados: Penedono

.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts